Publicidade

Publicidade
15/09/2008 - 10:07

A proposta absurda de um candidato a vereador carioca

Compartilhe: Twitter

Todo mundo sabe que vale tudo em campanha eleitoral e que não dá para acreditar em boa parte das promessas dos candidatos. Ainda assim, há quem consiga surpreender pela ousadia de suas idéias bizarras. Na zona sul do Rio de Janeiro, o candidato a vereador que parece estar gastando mais dinheiro na campanha chama-se Cleilton Ferreira (PMDB), autodenominado “o homem do IPTU”. Vi passar, neste sábado, uma carreata de sua campanha pela orla, com mais de 20 veículos, e sua foto está estampada em dezenas de cartazes espalhados pela região.

Cleilton defende a idéia de que a arrecadação do IPTU seja gasta no bairro onde foi coletada. Ou seja, os bairros que arrecadam mais, porque seus imóveis são mais valorizados, teriam mais recursos para investir e os bairros mais pobres teriam cada vez menos. Trata-se, já apontaram vários especialistas, de proposta inconstitucional. A Constituição proíbe vinculação de receitas de impostos, como o IPTU, para despesas específicas. Além do mais, parece uma proposta de cunho separatista, destinada a isolar alguns bairros mais ricos, como a Barra da Tijuca, de Cleilton, de bairros mais pobres. Vamos ver o que as urnas dirão dessa idéia.

Autor: - Categoria(s): Política Tags: , ,

Ver todas as notas

246 comentários para “A proposta absurda de um candidato a vereador carioca”

  1. Jean Carlos disse:

    Realmente, a proposta é absurda, inconstitucional por vários motivos e não apenas pelo aspecto da vinculação da receita. Tem como alvo a classe média BURRA e OMISSA. Outras propostas curiosas do candidato é “acabar” com a indústria das multas de trânsito e transformar a monumental e controversa obra da Cidade da Música em uma Universidade Pública Municipal (para quem? pra classe média?). A indústria das multas só existe por conta da indústria das infrações de um povo que – em grande parte – se acha “esperto”. Se um candidato deste levar mais do que 10 votos, na próxima eleição eu entro.

  2. Grabholder disse:

    EU QUERO QUE VOCÊS SE DANEM! EU NÃO TENHO CULPA PELOS QUE MORAM NA FAVELA!! PAGO UM IMPOSTO EXTORSIVO E ATÉ HOJE NÃO EXISTE ÁGUA ENCANADA OU ESGOTO EM MINHA CASA. ENQUANTO OS FAVELADOS NÃO PAGAM E AINDA ROUBAM COM LIGAÇÕES CLANDESTINAS DE ÁGUA E LUZ E ATÉ MESMO A INTERNET, OU GATONET, COMO CHAMAM COM IRONIA. ENTÃO, SE OS COITADINHOS DOS FAVELADOS ENGANAM E ROUBAM, PORQUE A CLASSE MÉDIA NÃO PODE COLHER OS FRUTOS DOS SEUS IMPOSTOS PELO MENOS NO BAIRRO ONDE MORAM??????????? COMO DISSE FERNANDO HENRIQUE O PROBLEMA DO BRASIL É QUE SIMPLESMENTE EXISTEM POBRES DEMAIS!!!!!!!!!!!!!!

  3. Grabholder disse:

    EXISTE SIM UMA INDÚSTRIA DE MULTAS DE TRÂNSITO, E A CLASSE MÉDIA DESSE PAÍS É ESPOLIADA SIM COM IMPOSTOS EM CASCATA QUE SÓ NÃO COBRAM PELO AR QUE RESPIRA PORQUE ESTE AINDA É ABUNDANTE (POR ENQUANTO). GASTEI MUITO PARA COMPRAR MINHA CASA, E NÃO POSSO NEM ADICIONAR MAIS UM QUARTO OU QUALQUER OUTRA ESTRUTURA QUE A PREFEITURA JÁ MANDA UM TÉCNICO PARA FAZER A MEDIÇÃO E REAJUSTAR O IMPOSTO. MAS A RUA EM FRENTE ESTÁ COM UM BURACO E ROUBARAM A GRADE DA BOCA DE LOBO. ENTÃO PORQUE VOU CONCORDAR QUE O DINHEIRO VÁ PARA UMA OBRA EM OUTRO LUGAR???? NÃO CONSIGO NEM MESMO PEDIR PARA A PREFEITURA QUE INSTALE UM QUEBRA-MOLAS NA RUA ONDE MORO. E O QUE HÁ DE ERRADO COM UMA UNIVERSIDADE MUNICIPAL???????? PELOS MILHÕES GASTOS, PREFIRO QUE TIVESSEM SIDO INVESTIDOS EM ALGO QUE FORNEÇA EDUCAÇÃO DO QUE UM OUTRO MALDITO SHOPPING CENTER GIGANTE!!!

    ENTÃO OS POBRES QUEREM PARTE DO DINHEIRO ARRECADADO COM MEU IPTU???? FAÇAM POR MERECER!!!!!!!!!! PAREM DE JOGAR LIXO NA RUA, PRA VARIAR!!!! PAREM DE DEPREDAR ÔNIBUS E TELEFONES PÚBLICOS!!!!!!! PAREM DE SUJAR AS PRAIAS!!!!! DIMINUAM O VOLUME DAQUELE BARULHO INSUPORTÁVEL DO QUE CHAMAM DE MÚSICA!! PORQUE SOU OBRIGADO A OUVIR AQUELE FUNK HORRÍVEL NO ÚLTIMO VOLUME??? PAREM DE FAZER LIGAÇÕES CLANDESTINAS!! ACIMA DE TUDO, NÃO VENDAM, ENTÃO, O SEU VOTO POR UNS DOIS TOSTÕES!!!!!!!!! USEM O DISQUE-DENÚNCIA E COLABOREM COM A SEGURANÇA PÚBLICA!!!!!!!!!!! DEIXEM DE SER OMISSOS E SEJAM MAIS CONSCIENTES!!!!!!

  4. Grabholder disse:

    Quanto a você, Mauricio Stycer; porque, ao invés de ironizar a proposta de um candidato, o senhor não justifica sua propalada formação jornalística e investiga quais motivos e causas impeliram tal candidato a adotar essa iniciativa???? Ela não diz muito sobre a distribuição dos recursos dos impostos??? Se um candidato acha por bem manter localizados os recursos arrecadados, isso não indica uma situação em que eles não parecem ser aplicados???

    MAS NÃO, PELO CONTRÁRIO, O SENHOR IRONIZA UMA NOTÍCIA E CONTAMINA UM DEBATE ISENTO COM SUA OPINIÃO PRÉ-CONCEBIDA. QUE TIPO DE ISENÇÃO JORNALÍSTICA É ESSA????? VOCÊ NEM MESMO MORA MAIS AQUI NA CIDADE, QUE DIREITO TÊM DE FAZER USO DE UM INSTRUMENTO DE COMUNICAÇÃO E FORMAÇÃO DE OPINIÃO PARA EMITIR A SUA SEM ESTAR PRESENTE????????????

  5. Joseeliton Ferreira disse:

    A Constituição relata em Igualdade para todos, sem dinstinção de raça, sexo ou condição social…os recursos do IPTU, como de outros impostos tem que serem distribuidos de forma igualitária para todos, já que o poder emana do povo, se pagamos nossos impostos, exigimos que sejam empregados em todos os bairros da cidade, mesmo por que a maioria é a classe média/baixa, entretanto é bom parar com essa demagogia separatista.

  6. ryta de cássia disse:

    isso é realmente um absurdo, já que os bairros mais ricos a arrecadação do iptu é mais, porque não favorecer os bairros mais pobres com essa verba? ex: segurança, pavimentação, lazer, rede de esgoto, educação etc.

Os comentários do texto estão encerrados.

Voltar ao topo