Publicidade

Publicidade
02/12/2008 - 10:56

Dono de conglomerado de mídia, Berlusconi prefere responder a críticas na Justiça

Compartilhe: Twitter

Silvio Berlusconi governa com uma sólida maioria parlamentar, comanda a rede de tevês estatais (RAI) e é dono do principal conglomerado de mídia da Itália. Por que, então, pergunta o “New York Times” nesta terça-feira, com todos estes meios à disposição, o primeiro-ministro prefere responder a seus críticos não na televisão ou nos jornais, mas na Justiça?

Depois de processar, a “Economist” e o jornalista britânico David Lane – casos que Berlusconi perdeu em primeira instância e não recorreu – o mais recente alvo é o jornalista Alexander Stille, radicado nos Estados Unidos, e um dos maiores especialistas em assuntos italianos.

Stille, cujo mais recente artigo para a revista “New Yorker”, sobre as mulheres que Berlusconi levou de suas empresas para o governo, foi comentado aqui no blog, está sendo processado por um assessor direto do primeiro-ministro, Fedele Confalonieri. Ele é citado num livro de Stille, de 2006, “The Sack of Rome”, por acusações que já haviam sido publicadas na imprensa italiana.

Todos esses processos são vistos como claras tentativas de intimidação da imprensa. Além dos custos com advogados e dos inconvenientes gerados, observa Stille, “para cada uma dessas ações, você pode afetar o comportamento de outros 100 jornalistas”.

O texto do “New York Times” comprova o efeito desses processos. David Lane, que trabalha na “Economist”, diz que pensa em retirar da edição italiana – mas não da inglesa – de seu próximo livro todas as referências a Berlusconi.

Autor: - Categoria(s): Mundo Tags: , , , ,

Ver todas as notas

2 comentários para “Dono de conglomerado de mídia, Berlusconi prefere responder a críticas na Justiça”

  1. sonia disse:

    Bem disse Delfim Neto, que a Itália, com Berlusconi, é um país em processo de subdesenvolvimento. E olha que ele foi eleito DUAS VEZES, como um certo presidente do Novo Mundo, não? Depois, os americanos é que são uns caipiras…

  2. Juliana Cabral disse:

    Moro na Italia ea impressao que eu tenho, é que a Italia vive em uma “ditadura leve”, o Berlusconi manopolizou a informaçao e manipula os meios de comunicaçao.
    Os italianos mais jovens e que tem acesso a internet, buscam informaçoes “reais”… mas a Italia é um pais de velhos e esses, infelizmente so recebem as informaçoes que o Berlusconi permite que circulem no pais.
    Morro de vergonha pelos italianos.
    Quem quiser saber sobre a situaçao real da politica italiana, deve acessar o http://www.beppegrillo.it/
    Abraço pra vc Stycer e parabéns!! AMOOOOOOO o teu blog.
    Beijocas

Os comentários do texto estão encerrados.

Voltar ao topo