Publicidade

Publicidade
11/12/2008 - 17:12

Correspondentes internacionais preferem o Rio – II

Compartilhe: Twitter

Antes de publicar a nota abaixo, procurei Paula Gobbi, que o site da Associação dos Correspondentes de Imprensa Estrangeira no Brasil (ACIE) informa ser a presidente da entidade. A jornalista, que representa a rádio CBS News, respondeu meu e-mail agora há pouco. Está, neste momento, fora do Brasil. Não é mais, disse, presidente da ACIE desde agosto. O cargo agora é ocupado por Alicia Martinez Pardies, representante da agência Ansa.

A ACIE foi fundada em 1962.  O primeiro presidente eleito foi Jean-Jacques Faust, da agência France Presse. A associação foi fundada, contou Paula Gobbi, “para defender as condições necessárias para a coleta de noticias, sem fins lucrativos e estritamente profissionais”.

E essa preferência pelo Rio Janeiro? Eis a resposta da jornalista:

“O Rio de Janeiro continua sendo a cidade que tem maior atração entre os correspondentes por sua beleza geográfica, facilidade de acesso aéreo, cultura, historia, e importância política. Do Rio, os correspondentes podem viajar e cobrir outras regiões do Brasil, mantendo como sede a ‘Cidade Maravilhosa’.”

Autor: - Categoria(s): jornalismo Tags: , , ,

Ver todas as notas

18 comentários para “Correspondentes internacionais preferem o Rio – II”

  1. […] Depois de publicada esta nota, consegui contato com Paula Gobbi, ex-presidente da ACIE. Aqui, ela comenta a preferência dos correspondentes pelo Rio de Janeiro.  Enviado por: Mauricio […]

  2. Mauricio Savarese disse:

    Qual importância política?

  3. wilson guilherme depolli disse:

    Na verdade, vamos falar sério… Eles preferem a vida noturna carioca que é mais badalada internacionalmente devido à Rede Globo Carioca de Televisão e de Novelas cariocas.

  4. Eduardo Nogueira disse:

    Eh o tipico “me engana que eu gosto”. Terra de ninguem. Terra da farra.O pessoal quer ficar la porque tem praia e mulher bonita. Nada alem disso.

    Eh a mesma coisa que o publico ficar pedindo “mais cultura e menos baixaria” na televisão, e estourar os indices de audiencia do BBB.

    Eh o pais da “boca pra fora”.

    Abraços.

  5. Silvia disse:

    Pessoal, não sejamos despeitados…eles preferem o Rio poruqe o Rio é LINDO e MARAVILHOSO!!!
    Não, eu não sou carioca ou sequer moradora do Rio de Janeiro, sou nascida e atualmente moro no Espírito Santo, que eu AMO e acho LINDO, assim como já morei por 6 anos em São Paulo, que eu amo tanto quanto, se não tivesse filhos seria a cidade escolhida por mim para viver…porém, conheço o Rio, já estie lá algumas vezes e SEI que a cidade é realmente maravilhosa!!! Tanto quanto muitas outras no Brasil, porém é lá que a Rede Globo está e para um correspondente não deve haver lugar melhor mesmo…

  6. Bruno Ferreira disse:

    Fala sério hein, vocês cariocas se acham os tais… lamento por tudo isso, mais o fato aqui é futebol e convenhamos, no Rio está fálido. Faz tempo que só da Paulista papando o Brasileirão hahahahaha.

  7. Gabriel Heller disse:

    E vc Maurício? Como um carioca que mora em SP… Qual é a cidade que vc prefere? E não fique em cima do muro hein… Seu coração deve bater mais forte por uma.

    Resposta do Mauricio
    Caro, obrigado pelo questionamento. Um dia farei um post sobre este assunto. Neste aqui, sugeri uma outra questão: por que o Rio é o ponto de observação preferido pela maioria dos correspondentes estrangeiros no Brasil?

  8. marcos paula disse:

    O Rio, é o Rio meu camarada. Morar em São Paulo prá que? Prá sentir o cheiro de merda do rio Tietê? Deixa para os bvabacas dos paulistas

  9. marcos paula disse:

    Aquela mulherada gostosa nas praiasdo belo Rio de Janeiro. Tem coisa melhor?

  10. nadia disse:

    É claro que o Rio é lindo. Pena que tá cheio de cariocas pra estragar….Olha o que eles estão fazendo com a cidade amado pelo Tom Jobim…

  11. Edu Moreno disse:

    O rio é uma cidade provinciana com um povo provinciano que ainda vive de uma cultura enraizada qdo era a capital federal, uma cidade sem leis, sem cultura, onde prevalece a droga, a libertinagem e a falta de costumes de bons principios, por isso essa corja de jornalistas estangeiros preferem lá, pois com 50,00 no bolso conseguem de tudo naquela cidade, o que não conseguiriam em uma cidade civilizada. mas, discutir com carioca é perda de tempo, pois massa encefálica e cultura e educação passam longe dessa gente. Só vale mesmo pela beleza natural, pois o resto é lixo puro

  12. Pedro Colombo disse:

    O Rio é e sempre será a Cidade Maravilhosa. Como em todo o lugar existe libertinagem violência, corrupção ativa e passiva, porcos, pobres, ricos, inteligentes, ignorantes, mulher bonita e lógico mulher feia. O Rio tem lugares aconchegantes e muitos, como em São Paulo também.
    Rio: Bossa Nova, MPB em geral, Maracanã, praias, Lapa, samba, terra de Tom Jobim, Vinícius de Moraes, Chico Buarque, etc, etc, etc.
    São Paulo: Tietê, Morumbi, Palestra Itália, Daslu, 25 de Março, Ibirapuera, Vila Madalena, Vila Olímpia, Rita Lee, etc, etc, etc.
    Estrangeiros preferem o Rio pelo seu glamour e São Paulo pela economia que praticamente sustenta o país.
    Não sejamos hipócritas ao dizer que o Rio é um lixo, na verdade o Brasil é um lixo.

  13. Marcelo Rayel disse:

    A coisa rola mais ou menos assim…

    Vamos supor que somos jornalistas e somos correspondentes de um jornal brasileiro nos EUA? Se fossemos perguntados em qual cidade gostaríamos de morar, opção a, Nova Iorque, opção b, Chicago. Qual cidade escolheríamos?

    É mais ou menos por aí…

    Tentar convencer um brasileiro que tem matéria a rodo em Chicago depende da visão, do faro pelo notícia, do jornalista ou da empresa jornalística em questão. Depende do tipo de editoria em questão também.

    Se a editoria é futebol, pode esquecer. São Paulo, bola… São Paulo FC (2006, 2007 e 2008), Santos FC (2002 e 2004) e SC Corinthians P (2005) mostram que se você quer notícia de futebol, pode esquecer o Rio.

    A mesma coisa: se uma empresa jornalística quer ter notícia de futebol britânico primeira linha, norte da Inglaterra, bola… Ou Liverpool ou Manchester. Escolhe… Morar em Londres é cômodo porque a maioria dos times da Premier League estão lá. Mas se você quer notícia de quem manda no futebol britânico e europeu nos dias de hoje, esquece Londres.

    Mas, enfim, morar em Liverpool ou Manchester não é chique, não seria isso, caros compatriótas tupiniquins?

    O Rio faz parte do ideário do estrangeiro. Na hora que eles se tocarem que, dependendo da editoria, morar no Leblon é um péssimo negócio, a coisa muda rapidinho.

  14. Marcelo Rayel disse:

    E digo mais, Ronaldo ficar no Flamengo, para meses depois o próprio Márcio Braga espalhar aos quatro cantos que o rubro-negra está em petição de miséria, é escalar o atleta para otário.

    21st footie is business. É bom não esquecer isso. Quem cuida de reserva financeira manda. Id est, São Paulo FC. Onde a chapa esquenta se sua editoria for futebol? No Rio é que náo é…

    Só que a sede das empresas jornalísticas desses profissionais em questão não está no Brasil. E o jornalismo estrangeiro ainda está no século XX. Eles ainda não acordaram. Aí, ficam feito mimi cadê o mingau quando o Slumdog Millionaire ganha o Oscar. A imprensa estrangeira está igual a Walt Disney: parou no Zé Carioca.

    Aí, quando a casa cai (leia-se Slumdog Millionaire), o estrago já está feito. O metaparadigma está mudando à milhão e os cabras ainda estão correndo atrás do sol ou de alguma derniére irresistível. Viva Cláudio Carsughi!!!

  15. Lucas Rodrigues disse:

    Os correspondentes escolhem o Rio simplesmente porque esta é a cidade símbolo do Brasil. Para os estrangeiros, infelizmente, o nosso país se resume em praia, futebol, samba, carnaval etc.

    Agora eu só não entendi a parte da importância política! Piada né …

  16. rayssa disse:

    EU SO CARIOCA E AS CIDADES QUE EU AMO NO BRASIL E RIO E SAO PAULO SAO AS MELHORES CIDADES PRA VIVER .
    VOLENCIA , SUJEIRA TEM EM PORTO ALEGRE , CURITIBA E ATE NA CHINA

  17. rayssa disse:

    eu sou carioca e o meu coracao tem amor pra todas as cidades do brasil e do mundo

  18. André Silva disse:

    Com todo o respeito, mas a discussão bairrista sempre parte dos cariocas… infelizmente acho que eles adoram ser ofendidos por paulistas que sempre têm fair play com relação aos regionalismos. Excepcionalmente vou quebrar a tradição.
    1- É notória a ignorância dos gringos em relação ao Brasil, sinal de que os “correspondentes” estão aqui para “outras coisas” menos coletar informações, analisar o país, se assim fosse, saberiam que, p.ex. no esporte, o grande centro esportivo brasileiro é o Estado de S. Paulo (infraestrutura, atletas, etc)
    2- O Rio é a sintese da imagem esterotipada do Brasil, país tropical subdesenvolvido (RJ CIDADE EXÓTICA: paisagens naturais, miséria absoluta + violência extrema) os “correspondentes” adoram demonstrar nosso atraso, isso reforça e facilita a imagem por estereótipo;
    3- Desonestidade e Promiscuidade Sexual – o carioca representa o mal carater, o desonesto, e as mulheres do Rio representam a sintese da promiscuidade, o que gera notícias e justifica a presença dos gringos nas terras fluminense mais que outros lugares;
    4- Corrupção endêmica – o RJ por ter sido capital mantém os hábitos parasitários de depender do governo, da velha corrupção, o que facilita para os “correspondentes” darem gorjetas e propinas – sem serem questionados pois a imprensa carioca é “chapa branca” e não é questionadora e pragmática como a paulista.

    Não há milagres o RJ sintetiza nosso atraso e nossos defeitos para o mundo, e tem paisagens naturais que já existiam antes dos portugueses (exemplo de boa colonização hehehehe) chegarem.

    SP e seus imigrantes italianos, japoneses e de outros lugares realmente adquiriu outros valores.

Os comentários do texto estão encerrados.

Voltar ao topo