Publicidade

Publicidade
24/11/2009 - 11:45

Tentando entender “Lua Nova” e “Crepúsculo”

Compartilhe: Twitter

Lua Nova 2Adolescentes, não leiam este texto. Tenho certeza que vocês vão se irritar. O que se segue é o esforço, possivelmente fracassado, de um “tiozinho” no sentido de entender este novo fenômeno da indústria do entretenimento.

No intervalo de quatro dias, assisti aos filmes “Crepúsculo” e “Lua Nova”, ambos recordistas de bilheteria, baseados na série de Stephenie Meyer, de quem nunca li, até hoje, uma única linha. Com muito atraso, reconheço, escolhi tentar recuperar o tempo perdido, mesmo que de forma superficial, por meio dos filmes.

Vi “Crepúsculo” na televisão, no Telecine, o que diminui muito do seu impacto, imagino. Mas me chamou a atenção o make-up exagerado de todos os vampiros da família Cullen, o jeito afetado e lento de falar e o fato de serem todos bonitos – homens e mulheres.

Registrei uma única piada ao longo de 122 minutos de filme – na cena em que Edward Cullen (Robert Pattinson) explica para Bella Swan (Kristen Stewart) que os vampiros de sua família não bebem sangue humano. “Nós nos vimos como vegetarianos. Seria como um ser humano que só comesse tofu: você nunca fica totalmente satisfeito”.

Também chama a atenção de cara que, com seus vampiros bonitinhos e modernos, “Crepúsculo” acaba com qualquer sutileza e sugestão que normalmente existe em filmes do gênero.

Assisti “Lua Nova” numa pré-estreia, à meia-noite, véspera do feriado, no Kinoplex Itaim. O cinema exibiu o filme em duas salas lotadas – uma terceira teve que cancelar a sessão porque a cópia não chegou.

Pattinson é o novo Leonardo di Caprio no imaginário das adolescentes. Provoca gritos histéricos por onde passa. Como escrevi no Último Segundo, nas telas, quando aparece, causa reações incomuns em cenas de cinema: barulho, murmúrios, suspiros e gritos se espalham pela sala.

O estranho visual – purpurina no rosto e lábios muito vermelhos – não atrapalha em nada. Ao contrário, parece torná-lo ainda mais atraente, talvez porque inofensivo, às meninas na platéia.

Lutando contra os seus instintos, no primeiro filme, Edward Cullen resiste a dar a mordida fatal em Bella e, ainda por cima, se apaixona pela jovem. Mas percebe, logo no início de “Lua Nova”, ao ver sangue nas mãos da menina, que sua índole (e a de seus familiares) é mais forte, o que coloca a vida da amada em risco.

Com um pé em “Romeu e Julieta” e outro em “Harry Potter”, Stephenie Meyer construiu sua saga em torno da mais essencial das questões para uma adolescente: a perda da virgindade. O tema é ótimo, de fato, e o seu potencial para arrebatar platéias femininas está mais do que comprovado pelos espetaculares resultados nas bilheterias.

LUa NovaAbandonada pelo vampiro Edward, Bella sofre horrores durante meses, até que se reaproxima de um amiguinho do primeiro capítulo, o índio Jacob Black (Taylor Lautner), agora sem camisa, encorpado e com segundas intenções.

Bella acaba sentindo uma certa queda por Jacob, mas vai sofrer outra decepção ao descobrir que o menino é, na verdade, um lobisomem! E lobisomens, como todo mundo sabe, não se dão com vampiros. É assim, literalmente, entre a cruz e a caldeirinha, mendigando um beijo aqui e outro ali, que Bella vai passar os intermináveis 130 minutos de “Lua Nova”.

Não acontece absolutamente nada no filme, o que pode explicar a implicância e resistência do público masculino, que transparece em comentários em blogs e fóruns sobre a saga. Bella também é cortejada nos filmes por um menino “normal”, nem vampiro nem lobisomem, mas não vê a menor graça nele. Seu sonho é ser mordida pelo vampiro galã. Para os meninos, trata-se de concorrência desleal.

Para piorar, a paciência e o recato do vampiro são realmente de outro mundo. O que pode ser tedioso para parte da plateia, parece encantador para a outra parte. À saída da sessão que assisti, às 2h20 da manhã, enquanto dezenas de adolescentes procuravam seus pais à saída do Kinoplex Itaim, muitas trocavam impressões sobre o filme. “Chorei muito na hora em que ele (Edward) falou que ia embora”, dizia uma. “Também chorei muito”, dizia a amiga. “Eu só lacrimejei”, respondeu a terceira.

Em tempo: sem nenhuma sutileza, num expediente que lembra as novelas da televisão, “Lua Nova” termina deixando pela metade uma conversa importante dos dois protagonistas. Só faltou exibir em seguida “cenas do próximo filme”. Que, a propósito, chama-se “Eclipse”, e tem estreia programada para 30 de junho de 2010.

Autor: - Categoria(s): Cultura Tags: , , , , , , , ,

Ver todas as notas

208 comentários para “Tentando entender “Lua Nova” e “Crepúsculo””

  1. […] This post was mentioned on Twitter by Mauricio Stycer, Silvia Masc. Silvia Masc said: RT @mauriciostycer: Um "tiozinho" (eu) tentando entender "Lua Nova" e "Crepúsculo". http://migre.me/cnng […]

  2. Diego disse:

    Uma história de vampiro voltada pra garotas adolescentes. Essa frase resume os filmes e indica que são ruins.
    Qualquer adaptação de qualquer história feita pro público “teen” se torna um romance melado com características de novelinha. Um bom exemplo disso é Small Ville.

  3. Amanda disse:

    Obrigada pelo conselho dado a cima. Não li o texto. =DD

  4. Ed disse:

    Mauricio… voce tem problemas ! Tente fazer análise em grupo ! Qualquer coisa que voce vê, pende sempre para o lado ruim. A única piada que voce conseguiu ver (e acredite, há outras) em Crepúsculo, não era piada, era uma comparação. Acho que voce gosta mesmo de é de Big Brother… mesmo apos cerca de 10 edições, consegue achar entreterimento naquilo. Acho que voce é pau mandado da Globo, ou tá apaixonado pelo Bial. Cara… tente sorrir mais ! Sei que a crítica não é para ser unanimidade, é para fazer pensar, mas voce precisa rever seus conceitos.

  5. Netto Gonçalves disse:

    Meu caro, você deveria coletar muitas informações antes de divulgar um artigo como esse. Muitas das coisas que você publicou estão totalmente equivocadas. Leia a saga para depois tirar suas próprias conclusões. Não se prenda a dois filmes, e sim a própria fonte do filme: o livro.

  6. soso disse:

    e agora, to com os ingressos comprados pra amanhã… devolvo, rasgo, doou pra alguém ou pego o dinheiro de volta? kkkkkkk

    • Ana_Patt disse:

      Assista e tire as próprias conclusões. Nunca se baseie pela opinião alheia!

  7. ÉRIKA disse:

    até concordo, mas, acontece que na sala que eu assisti o filme havia adolescentes colocando os hormônios pra funcionar, mas tinha muito adulto também impressionado com o filme. O que me incomoda é só ter que esperar Eclipse pra ver que também não assistirei o final dessa história, mas o restante me fez apaixonar pela história mesmo sabendo que é fora do normal. E a essência é essa, o autor talves não tenha sido criativo mas tá lucrando viu, pq só o que eu ouvi de propaganda de boca-a-boca….

    • Josiane disse:

      Bom, é uma saga. Todo mundo sabe que são 4 livros, então não há muito o que fazer.
      Mas é tipo Senhor dos Anéis, então o povo já viu isso antes….

  8. Debora disse:

    Cara Chato vc hein…Vc já leu os livros não neh…então por favor antes de tirar suas proprias conclusões leia,vc é um critico sem noção.!!!eu Amo essa saga. e daorei os dois filmes os livros então nem se fala…é muito bommm!!!!

    Vc não está com nada e concordo com o Ed,vc deve ser pau manadado da globo!!!

  9. Diego disse:

    Os “aborrescentes” começaram a se manifestar!

  10. Debora disse:

    Cara Chato vc hein…Vc já leu os livros não neh…então por favor antes de tirar suas proprias conclusões leia,vc é um critico sem noção.!!!eu Amo essa saga. e adorei os dois filmes os livros então nem se fala…é muito bommm!!!!

    Vc não está com nada e concordo com o Ed,vc deve ser pau manadado da globo!!!

  11. Samuel disse:

    Hahahahhaa, adoro ler essas criticas e depois ler os comentários com o povo metendo o pau…
    Aliás assisti Lua Nova e ja li os 4 livros, pode não ser interessante pra alguns mas eu gostei muito….

  12. Letiícia Pelizari disse:

    Na verdade, como o filme foi “baseado” no livro, ele retrata resumidamente o quê você veria em, o que? umas 400 páginas? Acredite, se o filme tem seus intermináveis 130 minutos de fossa adolescente, não quero nem imaginar o livro. Eu li o primeiro livro e achei legal, mas o filme foi extremamente decepcionante. Depois passei a me interessar mais por romances de vampiros mas nada de “Vampire Diaries” e sim “Conde Drácula”. A midia e a autora conseguiram praticamente acabar com a lenda vampiresca clássica. Desde quando um vampiro brilha no sol igual uma fada?! Mauricio, eu adorei a matéria, meus parabéns e meus pêsames. Juro que se fosse eu em uma sala de cinema lotada de fans posers de Crepusculo, daria um tiro na cabeça.

    • Grazi disse:

      Demorou vc se matar!!!
      Vc sabe de onde vem realmente a “lenda vampiresca classica”?. Vc sabe me responder o que pe uma Epopéia ou um romance? Estude querida, depois conversamos mais. Quem sabe assim vc terá capacidade de analisar profundamente o conteudo do livro, e não ficar só no superficial.

    • Lorraine disse:

      A “lenda vampiresca clássica” a qual você se refere não passa de algo que outros autores imaginaram; mas isso não quer dizer que TEM que ser sempre assim. Vampiros são criaturas fictícias e na ficção, eles podem ser como quisermos que eles sejam. Aliás, deixe-me perguntar uma coisa: você sabe quem escreveu Conde Drácula?
      E, a autora não acabou com lenda alguma, só criou a sua própria. Não quer dizer que você precisa aceitar a opinião dela, porém, precisa respeitá-la.
      E o comentário sobre “FÃS posers de Crepúsculo” parece algo vindo de uma Crepusculomaníaca, reflita.

  13. Allécto . . disse:

    É engraçado ver esse público adolescente com suas fixações, e lembrar-me que já passei pela mesma coisa, achando que o mundo não me entendia.

    E acho que não entendia mesmo, e que a gente esquece boa parte do que sentia quando era adolescente.

    Agora eu me senti uma tiazinha também, rs.

    • Ana_Patt disse:

      é… vc deve ser uma velha (e não na questão da idade, mas de alma), pq amor, fixação é realmente coisa de almas jovens!

    • Lorraine disse:

      A minha mãe com certeza nao é mais nenhuma adolescente, mas se apaixonou pelos livros. Acho que isso depende da personalidade da pessoa e de suas convicções. Se você não acha que é velha demais para a história, então você não é. Se pensar que é, você está certa.

  14. Grazi disse:

    Eu fico pensando em, como um jornalista escreve uma critica sem conhecer o que está sendo criticado?
    Nunca vi isso. Tinha que ser global mesmo, e ainda por cima faz comercial do Telecine, que caiu como uma luva…
    Leia o livro, entenda o enredo, busque informações em fontes seguras. Depois reescreva sua critica.

  15. Moniza disse:

    “Meu caro, você deveria coletar muitas informações antes de divulgar um artigo como esse. Muitas das coisas que você publicou estão totalmente equivocadas. Leia a saga para depois tirar suas próprias conclusões. Não se prenda a dois filmes, e sim a própria fonte do filme: o livro.” [+2]

    Outra coisa… eu gosto da saga, nunk me interessei por romeu e julieta muito menos harry potter! XD

    e pra mim.. sao historias diferentes, que no desenvolver da( saga) possa ser apresentados textos como o de romeu e julieta!

  16. SONIA disse:

    Mauricio, respeito seu ponto de vista a respeito da saga porém devo admitir que li os 4 livros e que assisti Crepusculo e amei.

    Deixe a preguiça de lado e leia os livros.

  17. Diego disse:

    Se a crítica é ao filme, por que ele teria que ler o livro antes de fazê-la?

    • Grazi disse:

      Simplesmente porque o livro é baseado no livro. E sempre que um filme é adaptado, muitas vezes perde-se informações que você encontrará somente no livro. Vc já leu os Livros do Filme Sr. dos Anéis? tente e depois me conte como foi sua esperiencia. Ou para ficar mais facil Vc leu Código da Vinci de Dawn Brown? Leia o livro e depois assista o filme e tire suas própias conclusões. Filme tem que ser comercial, o livro é a essencia. O que adianta saber escrever se vc não sabe o que significa… dicionário.

    • Grazi disse:

      Desculpe Filme baseado no livro

    • Eduardo disse:

      Concordo com o post do Diego (acima).

      Olha, acho que temos que ser sensatos. A fórmula “HArry Potter” e “Romeu e Julieta” dá certo, atrai o público e é pop. De fácil digestão (ou não). E, ao que parece, consegue se manter durante muito tempo atraindo público e leitores.

      Eu vejo da seguinte maneira: No livro, temos contato com o texto da autora. Ela dá sensações e sentidos aos personagens, cenário e clima. Vc se identifica com esse ritmo pessoal que o autor(ora) constrói.

      Já no filme é outra história. A base é o livro, mas a mídia é outra. Estamos falando de filmes!! Isso envolve muita grana e publicidade, logo, TEM QUE VENDER…. (espero que isso não irrite mais a galera com sangue no olho)

      Agora, me recordo que o Stycer colocou logo no começo da crítica algumas considerações. A primeira era um aviso para as adolescentes-torcedoras-xiitas-partidárias da banca “Crepúsculo” que tal crítica certamente as deixaria irritada. E num é que estava certo!!!

    • Lorraine disse:

      Desculpe, mas a crítica não foi ao filme, mas sim a HISTÓRIA do filme. E a história do filme veio do livro. É difícil compreender isso?

    • ocult person disse:

      boiaaa !! essa fo9i boiaa!!

  18. Tamires disse:

    Bom eu acho que todo mundo tem o direito de gostar do que quizer, inclusive vc, que só soube criticar o filme a autora e os livros da saga, espero que vc nunca precise de nada e de ninguem, pois o mundo gira, e não se esqueça que vc já foi adolescente, que teve sonhos, vontades… Não fale coisas que vc não sabe sobre o filme, pois como mesmo disse, não leu ainda nenhum livro da autora. E outra coisa, a opinião que vc maldosa sobre os adolescentes que estavam na pré – estreia do filme, um dia alguem já teve por vc, e um dia alguem tera do seu filho ou sobrinho, ou uma pessoas que vc goste muito.

  19. Morganalu disse:

    Vixiiii, eu não ´sou adolescente e adorei o filme….e olha que conheço vampiros, pois desde criança cou fascinada pela saga deles,,,,,Qual o problema do filme? Porque não se trata de um vampiro de meia idade, sem pidade de ninguém?…Acho lindo esta coisa de paixão juvenil, esta vitalidade que eles tem…e digo mais, o pai do Edward no filme, é lindo de morrer..rsssssssss……Tiazinha os cambau, sou uma mulher e pronto!!!!!!

  20. Moniza disse:

    diego – pra naum falar besteira! o filme tem varias diferenças com o livro?! tem! mais ele naum pode soh se basear no filme! para criticar precisa saber pelo menos do que se trata! com todo o respeito! e em falr em adolescentes, concordo que o publico por maioria são adolescentes, mais conheço muitas pessoas mais velhas que adoraram a saga, tanto o livro como o filme. E eu sou um exemplo disso! XD

  21. Vini disse:

    Diego – você condegue ser mais chato do que o Mauricio.

    • Ana disse:

      Vini, esta foi ótima.

      Se os senhores não gostam de filmes voltados para o publico adolescente, por favor, não assistam!!!!

  22. bruna disse:

    Afirmando o que disse Maurício, com certeza é um filme que não preisa ser visto por “vc” então !

  23. Patricia disse:

    Olha Diego, não é questão de ser “aborrescente” ou não, a questão é que o filme pode até ser uma merda, mas os livrros não são, mas como sempre, os tiozinhos acham que tudo que é feito para o público teen é uma porcaria! Só que vocês tiozinhos, se esquecem que um dia vocês também foram adolescente e que as coisas que vocês assistiam também eram umas porcarias pros pais de vocês, e vocês debatiam falando que não era!

    Crepúsculo não é o unico filme que não faz jus ao seu livro de origem. E se o livro e o filme são feitos para o publico teen, por que vocês “tiozinhos” não vão assistir outra coisa, em vez de ficar criticando só porque não foi feito para a sua geração!

    Quanto ao excesso de maquiagem nos atores, logo ve-se que você não leu mesmo os livros, afinal, a propria autora escreve que eles são excepcionalmente bonitos e brancos! Dai o motivo da maquiagem, para deixa-los brancos!

    E por fim, os atores! Antes de criticar o Pattinson dizendo que ele é só um rostinho bonito, leia o livro e você vai ver como ele se encaixa perfeito no papel!…Isso vale para a maioria dos que foram escalados para os filmes!

  24. Patricia Filardo disse:

    Eu tenho 31 anos, sou advogada, casada e apaixonada pela Saga Crepúsculo! Li e amei todos os livros e tenho a mesma opinião sobre o filme….Assisti a pré estréia a meia noite com o meu marido e chegamos em casa as 3 hs da manhã para ir trabalhar as 6 hs!
    Valeu a pena passar a noite em claro e o que posso dizer é que foi muito legal encontrar aquelas salas cheias de adolescentes!
    Eu vi como é bom quando ser adolescente…pena que muitas pessoas ao envelhecer ficam CHATAS!

  25. Tarcizo Brito disse:

    Li os quatro livros e na minha opnião SM combinou um emaranhados de sucessos literários como The Vampiries Diaries, True Blood etc. E ainda conseguiu distocer lamentavelmente a literatura vampiresca que é uma das minhas prediletas. Abraços e Parabéns.

    • Lorraine disse:

      True Blood é um sucesso LITERÁRIO? Ouch!

    • Ana disse:

      Sim, da série de livros da Charlaine Harris. Pode não ser tão HYPADO (hahah) quanto Crepúsculo, mas é sim uma adaptação de livros.

    • Lorraine disse:

      A série não me atrai muito, por isso nem me preocupei em pesquisar mais sobre a história. Saber que é uma série de livros é interessante, mas True Blood não é o que se pode chamar de sucesso literário e sim, televisivo.

  26. Bia disse:

    Amooooooooooooooooooooo muito tudo isso, como vcs conseguem ser tão chatos, o filme conta uma história de amor, o que hoje em dia e bem difícil de se encontrar. Afinal o vampiro tem uma educação e um cavalheirismo sécular, aliás todos os homens deveriam pegar aulas de etiqueta com Eduard. Agora vcs entenderam porque a mulherada fica alvoraçadaaaaasssssss.

  27. vanessa disse:

    comprei o primeiro livro,e nem tinha acabado de ler e ja tinha comprado os outros o filme fugiu muito do que esta escrito nos livros eles sao maravilhosos quando vc começa a ler nao conseguia parar,e maravilhoso todos eles eu amei mas os livros do que os filmes sem duvida.e so quem leu a saga crepusculo sabe do que estou falando.

  28. Tarcizo Brito disse:

    Eu acho que Robert não se encaixa no papel (Não me matem). Os livros também não são lá grande coisa. Comprarar Harry Potter com Crepúsculo chega a ser até uma blasfêmia. O universo fastástico de crepúsculo é absurdamente entediante, ou seja, não acontece nada. Agora como história romântica é uma boa opção. Só minha opnião. =)

    • Lorraine disse:

      Para quem acha que o universo de Crepúisculo é tão entediante assim, deve ter sido um sacrifício IMENSO ler todos os quatros livros, não? Das duas uma: ou você leu porque não tem mais nada pra fazer (e isso faria de você um inútil?), ou leu e não quer adimitir que gostou. Ler duas mil páginas de algo que você não gosta não é melhor maneira de demonstrar sua aversão. Pense nisso.

  29. Sheila disse:

    Mauricio uma dica pra vc VAI LER OS LIVROS, não que sejamn uma maravilha em termos de literatura mais com certeza são muito melhores que os filmes, e não digo isso só a respeito de crepusculo não, Harry Potter, Codigo Da Vinci, As Brumas de Avalon, Eragon etc… Acho que o unico filme adaptado e um livro que presta é Senhor dos Aneis e olhe lá somente pq o diretor do filme era fã dos livros desde a adolecencia e fez os filmes com todo o respeito que eles mereciam….

    Maruricio Leia os livros e esqueça os filmes…

  30. Elaine Cristina Gomes Ribeiro disse:

    Não sou aborrescente tenho 41 anos achei o filme Crepúsculo maravilhoso suave que faz a gente sonhar , li Lua Nova e também adorei não assiste o filme ainda , mais vou com certeza acho que a questão e o divertimento acho que também e um propósito do cinema e entreter. tem filmes que os ditos intelectuais dizem que são maravilhosos, e nos mortais achamos uma droga.

  31. William disse:

    Esses aborrecentes são mesmos umas figuras. Os filems são meia boca mesmo. E sim, são feitos só pras meninas. Coisa pra ser esquecida rápido.

    • Lorraine disse:

      Pra um filme que quebrou recordes de bilheteria, acho um pouco difícil ser esquecido rápido.

  32. Felipe Kasparian disse:

    Concordo com a Patrícia!!!

    Ler o livro é outra coisa, o filme descreve muito bem o que a autora passa.
    Agora pega o barco andando, e dar opinião, é melhor ficar quieto põe outro colunista para escrever.

  33. Emanuel disse:

    Concordo plenamente com o Maurício, pois esse filme é monótono! São 130 minutos que parecem uma eternidade! Você fica esperando um tempão para acontecer algo e quando acontece, a ação demora 5 segundos e aí voltamos ao velho marasmo! Gravaram o filme na marcha lenta! Parece que estavam com preguiça de fazer um bom filme! Conseguiram a façanha de fazer com que Lua Nova fosse ainda mais entediante que o Crepúsculo! Admito que o Crepúsculo é um filme bonzinho, mas não justifica tanto alvoroço! Assistam 2012! 2012 é 2012 vezes melhor do que esse besteirol crepusculoso!

    • Lorraine disse:

      Nossa, 2012 e Lua Nova são de gêneros TÃO parecidos, não é à toa que você está comparando os dois :)

  34. shellsha trheycy disse:

    Olha Diego, não é questão de ser “aborrescente” ou não, a questão é que o filme pode até ser uma merda, mas os livrros não são, mas como sempre, os tiozinhos acham que tudo que é feito para o público teen é uma porcaria! Só que vocês tiozinhos, se esquecem que um dia vocês também foram adolescente e que as coisas que vocês assistiam também eram umas porcarias pros pais de vocês, e vocês debatiam falando que não era!

    Crepúsculo não é o unico filme que não faz jus ao seu livro de origem. E se o livro e o filme são feitos para o publico teen, por que vocês “tiozinhos” não vão assistir outra coisa, em vez de ficar criticando só porque não foi feito para a sua geração!

    Quanto ao excesso de maquiagem nos atores, logo ve-se que você não leu mesmo os livros, afinal, a propria autora escreve que eles são excepcionalmente bonitos e brancos! Dai o motivo da maquiagem, para deixa-los brancos!

    E por fim, os atores! Antes de criticar o Pattinson dizendo que ele é só um rostinho bonito, leia o livro e você vai ver como ele se encaixa perfeito no papel!…Isso vale para a maioria dos que foram escalados para os filmes!

  35. Ana disse:

    PQP! Eu li o livro e afirmo: o Edward eh homem! NO LIVRO! Ele tá um perfeito viado no filme! “Ah, eu sou um vampiro…. não posso ficar perto de vc… ” Bla bla bla

  36. Karollany disse:

    na minha opinião new moon está perfeito!!
    não sei se é pq adoro a saga e a história, mas achei super legal o filme, a única coisa que não gostei nem tem a ver com o filme, mas sim com as gritarias que ouvi na estréia! quase sai do cine com dor de cabeça.
    não vejo a hora de eclipse chegar!!
    a SM se superou com os seus livros!! Parabéns!! vc mereçe!!

  37. Claudia Andreoli disse:

    Olá… bom realmente o filme Lua Nova não me impressionou como eu imaginava até pq MUITAS coisas não tem nada haver com o livro… mas achava que antes de julgar vc poderia ler primeiro os livros pois trata de uma história muito bonita, meninas gostam disso romantismo, amor… coisas que são raras hj em dia mas gosto não se discute né?
    Se vende tanto é pq tem muitas pessoas que gostam (y)

    • rafael disse:

      Cláudia,

      muitas pessoas gostam exatamente porque fala de amor, é pra adolescente, embora outros públicos também gostem, além disso as pessoas gostam exatamente do que é novo, rende papo. Não exatamente porque é o néctar da literatura moderna, não!

      Apesar disso, tem uma coisa boa nisso tudo: os adolescentes estão lendo mais. No ônibus. metrô, em praças e escolas, sempre vejo muitos jovens com esses livros nas mãos, lendo. Quem sabe não é um começo pra se habituar com o mundo da leitura e, assim, partir pra literatura de verdade. Não essa literatura que que dá lição de moral, mas uma imoral: a que descreve as aflições, alegrias e tudo o que nós, seres humanos, sentimos…

      outra coisa: não acho que o autor do post, pra falar do filme, tenha q ler o livro. são mídias completamente diferentes, e seria até um disparate comparar um livro a um filme. No início do post ele diz isso: “…filmes “Crepúsculo” e “Lua Nova”, ambos recordistas de bilheteria, baseados na série de Stephenie Meyer…”

  38. Quer dizer, indignação com o que realmente importa — nada, né?

  39. @mcannecchia disse:

    hahahahaha, adorei.
    Mas eu daria tudo pra ser adolescente outra vez, pra colar um poster de Lua nova no meu quarto. Ainda não fui assistir, mas minha filha disse: “É O FILME MAIS LINDO QUE JÁ ASSISTI.” Acreditei e estou esperando a oportunidade pra ir assistir.

    😀

    Ps.: Minha filha tem no dela.

  40. Bell disse:

    O tiozinho vai assitir E o vento levou q é pra sua idade deixa os adolescentes de divertirem. O filme em nenhuma monmeto tem uma divulgação de “intelectual”, ele é o q a propaganda mostra: uma história de amor entre um vampiro e um humano.

  41. Eduardo disse:

    Agora que me dei conta do nome dessa crítica: Tentando entender…..

    Rapaz, eu também estou!! Minnha namorada adora e acabo ouvindo horas e horas das estórias…

  42. herbert disse:

    É, o filme é ruim e o livro também.
    Vi ambos por causa de uma ex-namorada, e é tão cheio de clichês românticos e sem a menor graça só para as meninhas curtirem;
    Bom texto.
    Abraço!

    • Lorraine disse:

      Viu ambos o quê? O filme e o livro ou os dois filmes?
      Bom, porque se você acha que é só para meninas, não perderia seu tempo lendo, e se você realemente leu (e tem qualquer noção de discernimento) sabe qual a real mensagem da história. E quem conseguiu entender a mensagem, gostou muito.

  43. Ana disse:

    Comprarar Harry Potter com Crepúsculo chega a ser até uma blasfêmia.[2]

  44. Ana Moret disse:

    Olha a cara deste crítico!!! feio que dói!!! Daí vê o Edward e fala mal…isso se chama dor de cotovelo….
    E é bom demais assistir a um filme com caras lindos e gostosos….os homens ficam com inveja mesmo pois todo filme explora mulher bonita….
    Babei mesmo nesses adolescentes….pena que eu já estou na categoria TIA.

    • Nathália disse:

      KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK! FOI TRISTE SEU COMETÁRIO… AFINAL, COMPARAR UM CRITÍCO, JORNALISTA FORMADO E QUE TRABALHA EM VÁRIAS DAS MELHORES REVISTAS DO PAÍS, COM AQUELE ATORZINHO… BONITINHO… QUE MAL COMEÇOU A CARREIRA E JÁ TÁ ACABANDO A VIDA NAS DROGAS… PELO AMOR DE DEUSSSS!!! DOR DE COTOVELO E FALTA DE INTELIGENCIA, EU TENHO CERTEZA QUE SÃO PROBLEMAS QUE ATINGEM PESSOAS FÚTEIS… E JAMAIS SERÃO UM PROBLEMA PRA QUEM SABE O QUE DIZ…

  45. Eu não li o livro, não vou ver o filme e acho a crítica de Maurício sempre necessária. Ele vê tudo com inteligência. Só não concordo com a advertência aos adolescentes porque ser adolescente é um estado de espírito. Eu ainda sou adolescente quando gosto de skate e grafite, mas sinto que amadureci muito quando prefiro o jazz ao funk. Eu sou adolescente quando vejo o Agente 86 e Jack Bauer, mas me sinto maduro quando consigo ler “A condição humana”, organizado por Adauto Novaes. O barato da vida é ser um pouco de todo, o tempo todo, sem se importar muito com a idade cronólogica.

  46. clicio disse:

    Mauricio;

    Estamos em nítida desvantagem, pois não somos meninas nem tampouco adolescentes. Sou, porém, pai de duas, 13 e 15 anos, e aguento papo de mordidas de vampiros maquiados e amores impossíveis com resignação e bom humor, já que “ser um pai presente” implica em tentar entender o que se passa na cabecinha delas.
    Mas na verdade tudo isso é muito chato, os livros, os personagens e os filmes.
    Fica tranquilo; o chato nessa história *não* é você!
    :-)
    Clicio

  47. Wallace disse:

    Eu li os quatro livros e estou com medo de virar gay. Tenho tedências?

    • Lorraine disse:

      Só tem tendências se você achar que tem. Agora, se você aprendeu qualquer coisinha com o Edward, parabéns. Você será um namorado atencioso :)

  48. Rosana disse:

    Não sou adolescente tenho uma filha nesta idade já li os quatro livros da escritora em questão e vi o crepúsculo no cinema vamos ainda ver Lua Nova mais discordo de vc em vários aspectos.O filme abrange o tema da virgindade com bastante sutileza ainda mexe com a fantasia tão admirada na infância e tão esquecida na fase dos adolescentes acho que deveria ler os livros………

  49. luciane disse:

    Mravilhoso lua nova assisti e vou assistir de novo ta muito legal e amo EDUARD CULLEN

  50. vanessa souza disse:

    “Com um pé em “Romeu e Julieta” e outro em “Harry Potter”.”
    É a mais pura verdade, mas é isso que faz o imaginário feminino (ainda que retraído por algumas), não só o infanto-juvenil. Esse tipo de filme sacia o vazio das menininhas que são embaladas pelas músicas que dizem que o importante é sair por ai pegando geral. Por isso, essa fórmula vende e vai continuar vendendo muito! O cinema (e outras coisas) só lançam no mercado o que as pessoas necessitam, não importa se é lixo ou não, importante é o lucro.

  51. Pelife disse:

    Cara, parei de ler em “uma terceira teve que cancelar a sessão porque a cópia não chegou.” Fui no Kinoplex do Fashion Mall tb no feriado (fiquei que nem vc…vi no sábado pela primeira vez sem nunca ter lido e fui pra pré estriea) e lá para minha surpresa TAMBÉM não teve a sessão na 3ª sala…pqp..ou seja venderam só por vender “Vamos encher as outras salas ou dar vale-ingresso” que canalhas….

    vou voltar pra leitura restante

    Abs

  52. Nilza disse:

    Tenho 54 anos e tenho 3 filhas de 24, 22 e 20 anos. Elas não curtem os livros da SM, mas eu aadooro!! Olha realmente os livros são muuuuiiitoo melhores do que os filmes, inclusive da série Harry Poter, que por sinal eu tambem adoro. Os filmes, na verdade, são mais pra completar os livros. Na medida que voce lê uma continuação da série voce visualiza o tipo físico dos personagens, (que voce já viu no filme) o que torna a estória mais interessante.
    Bem, ainda não assisti Lua Nova no cinema, mas vou ver e com certeza vou gostar, pois a estória é boa e tenho espírito de criança, graças da Deus.

  53. Camila Felicio disse:

    Patricia Filardo, adorei sei comentário, tenho 21 ano, estou noiva, e no 6º semestre do curso de Direito, e o que temos em comum, apaixonada pelo livros e filmes da saga. Não vejo nada de ruim nessa romântica e tão fictícia história vampiresca, ao contrário, sou fascinada desde que assisti Crepusculo. O lado bom é a maneira como cada um aproveita aquilo que assiste e lê, a o importante é q

  54. Ana disse:

    Como todo adolescente é cheio de fases, “Crepusculo” também é uma fase… depois de acabarem os filmes (o que até lá vão estar horrivelmente péssimos pq vai soh decaindo igual aos livros), ninguém vai nem lembrar q isso existia. E na verdade, vao estar interessadas em outra coisa, na “modinha” de daqui a uns 5 anos!

  55. joyce disse:

    CREPÚSCULO???? adooooooooooooooooreeeeeeeeeiiiiii!!
    geente, so assistam quem realmente gosta de coisas booasss// quem gosta de coisas do tipo:PASSADO OU BREEGA esqueçam esse filme!!!
    a sensura deveriia proibir os mais de 50 anos^^

    • Leandro disse:

      joyce, acho que você está precisando de umas aulinhas de português. Leia os livros. Aliás, leia outros além do Crepúsculo. Faz muito bem aprender um pouco….

    • Lorraine disse:

      Quem se preocupa português correto na INTERNET?! Eu não…

  56. Charles Naseh disse:

    Hahahaha… os comentários são os melhores!
    E eles só reforçam a tese que o filme é uma merda: tá todo mundo mandando você ler o livro!

  57. Caio disse:

    Assisti ambos e fiquei decepcionado com a distorção da mitologia que envolve os vampiros.

    Vampiro BRILHAR no Sol?

    Bom, deixa pra lá.

    Maurício, boa sorte com os trolls e salsinhas.

    Ah, ao contrário de muitos aí, eu li o artigo inteiro!

  58. Charles Naseh disse:

    Só acrescentando, imagina se sempre, pra gostar de um filme adaptado, tiver que ter o roteiro original em mãos. Nonsense.

    • Lorraine disse:

      Roteiro original não, mas se o filme é baseado em um livro e você quer criticar a história, estar mais bem infomado é um bom começo.

  59. luciane disse:

    Li todos os livros, não sou adolecente mas tenho filhos e fui com eles assistir o filme , amei lindo ta igual ao livro, e estou ansiosa por eclipse e amanhecer . e AMO EDUARD CULLEN

  60. Camila Felicio disse:

    Patricia Filardo, adorei seu comentário, tenho 21 ano, estou noiva, e no 6º semestre do curso de Direito, e o que temos em comum, apaixonadas pelo livros e filmes da saga. Sou fascinada desde que assisti Crepusculo, e tenho certeza que a autora foi extremamente feliz ao escrevê-la, e de maneira incrível, tudo parece ser tão real, que até parece que estamos vivendo tudo o que está acontecendo ali. Quanto ao texto acima, cada um faz o seu trabalho, e quem é crítico, vai aproveitar do imenso sucesso da saga, para escrever, pois sabe que todos os fãs, quando veem qualquer notícia sobre a história, correm logo para ler, ou seja, quem escreve sobre isso, concerteza terá um maior acesso de leitores, do que os demais escritores que escolheram outro tema para falar. A saga traz benefícios a todos, aos fâs, aos críticos, aos fotográfos enfim, não vejo malefício para nínguem, e para mim, é perfeita.

  61. Leandro disse:

    É Maurício, nem parece que as pessoas tem direito de ter opinião própria…

    Gostaria que as pessoas que amam a saga respeitassem a opinião dos outros. Está muito claro que ele fez uma crítica ao FILME e não aos LIVROS. E, não, ele não é obrigado a ler os livros para fazer uma crítica, que até agora, infelizmente, não consegui encontrar uma que fale algo de positivo. (de fonte que não sejam fãs, é lógico)

    É preciso crescer um pouco e entender que as opiniões variam. Uns gostam outros não e é assim que a vida anda.

    Em tempo: tenho 31 anos, li os 4 livros (aliás sou o único homem que conheço que leu todos) e sou casado com uma super fã da série. Assisti o filme na pré-estréia e gostei. Esperava mais, mas gostei. Só não gostei da falta de respeito do público que ficou berrando o filme inteiro. Mas, enfim, faz parte.

    • Lorraine disse:

      Sempre nos decepcionamos com os filmes que são adaptados de livros, e se formos fãs convictos desses livros, a decepção é bem maior. Claro que nós (fãs) respeitamos a opinião dos outros, mas às vezes só pedimos um pouco de compreensão. Criticar sem conhecer não conta e é isso que não estamos achando justo. Maurício alfinetou a autora e sua história, mas ele não conhece a história, o que não o torna apto para criticar.

  62. Luciana disse:

    Puxa, a democracia realmente é fascinante!!
    Li a saga Crepúsculo por indicação da médica do meu filho, amei os livros, é uma leitura fácil, emocionante, bem escrita, realmente direcionada aos adolescentes, porém como disseram anteriormente, fomos adolescentes um dia também.
    Em relação aos filmes, acho que o Crepúsculo deveria ser refilmado, pois é monótono, sem cor, sem nada, diferente do livro. Já o Lua Nova, pelo contrário, é um ótimo filme, até os atores que no Crepúsculo quase não falavam, puderam se mostrar mais divertidos, com sentimentos e emoções. Imagino que o Eclipse será ainda melhor que o Lua Nova, agora em relação ao ator Robert, não imagino que ele seja parecido em nada com o Edward, já que a autora do livro descreve o vampiro como forte, másculo e o robert me parece meio desnutrido… Já o Jacob Black está de parabéns, alem da atuação excepcional ainda me aparece com um tanquinho invejável… Se eu fosse a Bella com certeza trocaria o vampirão indeciso pelo caliente Jacob…

  63. Marianna disse:

    Reclame com o cardoso.
    20 anos é adolescente?
    Ok, entendo tiozinhos não gostarem desse tipo de filme. Mas a sua tentativa de “entender” foi fail total.
    Não, não gosto do edward. Não acho ele lindo muito menos choro.
    O fato que vc não percebeu é o principal, a saga é “romeu e julieta” do começo ao fim “Para adolescentes”!

    Morrer por amor do começo ao fim. O lance do vampiro, do lobisomem, é um plus. Nada mais clichê. Agora a minha pergunta é porque os “tiozinhos” não vêem tamanho cliclê?

    A diferença é que o poucas pessoas interpretam como se de algum modo aquilo fosse possível.

    Pra entender o filme no mínimo, se coloque no lugar de alguém que, além de acreditar que o “amor ou morte” é algo perfeito, acredite que um vampiro como o edward bem que poderia aparecer em sua vida.

    Se bem que eu sou mais a ruiva!

  64. Luiza Regina Zierhofer disse:

    Mas tudo é uma questão de público alvo… e a saga acerta em cheio. A análise tem que ser feita dos motivos que levaram ao sucesso estrondoso entre os teens. O que os (as) leva à loucura?

  65. Anderson disse:

    Incrível como uma modinha se alastra tão rapidamente. Sinceramente, sempre fui fã de filmes de vampiros, mas este, não assisti ainda, e não tenho o menor interesse em assistir, uma vez que os “vampiros” de Stephen Meyer estão mais pra românticos encantadores de corações adolescentes… Algo nada a ver com o estilo clássico, dos vampiros de “entrevista com vampiro”.

  66. Mauricio, o problema não é a adolescencia. É transformar qualquer coisa em religião, em tribo. E não me entenda mal, adoro Star Wars, Senhor dos Anéis e vi todos os Harry Potter (e estou looonge de ser adolescente).
    Só não tente me encontrar em nenhuma convenção do gênero.
    Tente estabelecer um diálogo inteligente com qualquer um dessas “tribos”… É de enlouquecer!!!
    Eles defendem os personagens como se eles fossem parentes deles! Como se eles existissem!

    Gente, vocês podem gostar, amar, idolatrar o filme, mas pelamordedeus, depois que sairem do cinema, vão viver as suas próprias vidas. Aprendam a rir de si mesmos, e vão aprender a rir dos personagens. Aceitem as críticas, as vezes elas são boas.

  67. Gi disse:

    O texto é muito divertido e reflete bem a perplexidade com que muitos encaram o sucesso da saga.
    Bom, tenho quase 40 anos e adorei o livro Crepúsculo. Gosto do modo como a Stephanie Meyer descreve os sentimentos, as descobertas, as ansiedades. Ela tem um mérito, sem dúvida…
    Acabei lendo os outros três livros da série, mas aí já achei meio “mutantescaminhosdocoração” demais…
    Enfim, não tem essa de idade. “Tudo vale a pena quando a alma não é pequena.”

  68. Camilla Lima disse:

    Assim como vc, anteriormente, não assisti a nenhum dos dois, nem Crepusculo e nem Lua Nova, pois esse tipo de filme não me atrai, mas gostei da sua visão. Consegui, inclusive, visualizar as menininhas dialogando logo após a sessão. Discordo porém da ideia de que a saga é acompanhada por adolescentes, personagens dos proprios comentários são prova disso e falam com tamanha satisfação que chego a conclusão: A moda bestial desta saga encanta também os mais velhos….um espanto!
    Bem, como jpa dizia um velho ditado…Gosto é igual a C…cada um tem o seu… o que é uma pena, se assim n fosse, talvez conseguiríamos derrubar as bilheterias da saga…kkkk
    não me batam, por isso não!

  69. Livia disse:

    Nossa uma amiga minha de 34 anos me encheu o saco para assistir esse filme , dizendo que era lindo queo
    o Robert é lindo tudo lindooooo . Affff estou até agora tentando entender tanto burburinho e respiração pelo filme e pelos atores ditos como lindos.
    Me deixe viu!!!

  70. Gostei da sua boa vontade com os filmes, os críticos, ainda mais do sexo masculino, não costumam ser tão benevolentes. Só acho que a falta da leitura dos livros alteram bastante a percepção do filme. A essência, os detalhes, a complexidade da história estão nos livros. Talvez fosse o caso de fazer esse sacrifício antes de ver Eclipse e Amanhecer. Ainda dá tempo.

  71. gabriela cullen disse:

    faaaaaaaaaala serio
    achou ruim o filme, mauricio?
    leia o livro que voce ve que o filme foi muuito legal.
    cara, aquela cena da luta do cullen com os vampiros nao esta no livro, mas foi legal.
    engraçado…por que os humanos do sexo masculino nao gostam que as humanas gostem de pessoas como o robert e o taylor?
    nao adianta os homens entenderem por que as mulheres se derretem por esse tipo de saga.
    olha, pode fazer um pequenino favor para mim?
    NUNCA compare HARRY POTTER com CREPUSCULO.
    adoro as duas sagas, mas nunca compare bruxos com vampiros, o estilo de escrever da rowling com o da meyer.
    e ve se faz uma critica melhor da proxima vez….

  72. Fabio disse:

    Otima crítica e me identifico muito com o sr. Maurício em todos os aspectos, nunca li o livro, vi a primeira parte na televisao e agora a segunda parte no cinema. Nao vi nada de atrativo ou mesmo interessante no filme, nao há conteúdo, nao há diversao, nao há emocao, nao há nada. É o tipo de filme que, namorados devem ir, deixar sua namorada entrar e ficar do lado de fora com alguma coisa mais interessante do tipo, olhar para as paredes.

  73. Harryson disse:

    Saga Crepúsculo único e exclusivo para meninas melosas. O livro detalha até o dedão do pé do Edward, haja paciência! Ao meu ver esse livro é destinado só para o público feminino.

    Harry Potter não tem idade nem sexo … as histórias são muito mais complexas! Além do romance que é pouco mais na medida certa! E o contexto dos livros são totalmente mágicos! Harry Potter para mim é para SEMPRE sem substituições! Obs: gosto mais do livros do que dos filmes!

    Romeu e Julieta, no comments!

    vlw pela iniciativa do texto… muito bom mesmo!

  74. Fábio disse:

    O pior filme que já tive o desprazer de assistir.

  75. Aline Bicudo disse:

    Eu adorei a sua crítica, mesmo sem ler os livros ou assistir aos filmes!

    Quando saiu o primeiro, até cheguei a me interessar pelo fato de ser fã de histórias de vampiros. Adorei filmes como “Vampiros” (John Carpenter) e “Entrevista Com o Vampiro” (do livro de Anne Rice).

    Para mim, não há sequência melhor de histórias vampirescas do que as crônicas de Anne Rice, nem vampiro mais sedutor que Lestat. Gosto de histórias de vampiro neste tom de sedução e medo, de dar frio na barriga, arrepios, de sentir a presença deles no ambiente (mesmo tendo plena consciência de que não existem).

    Quando procurei saber mais sobre Crepúsculo, logo “brochei” ao saber que não passava de um conto de amor entre vampiro e humano. Acabou com o meu encanto de sedução para conseguir confiança e então o tão desejado sangue humano.

    Os trolls podem até dizer que Entrevista Com O Vampiro já é coisa de velho, afinal o livro data de 1976 e o filme de 1994, mas é o tipo de história que agradou minha mãe quando adolescente (ela é de 1959), e depois agradou a mim quando adolescente (sou de 1985 e foi ela quem me indicou tanto o livro quanto o filme).

    O que mais me chama atenção em Anne Rice, especialmente em Entrevista Com O Vampiro, é a transição humano/vampiro do personagem Louis. Seus conflitos internos por não aceitar que se beba sangue humano e ao mesmo tempo sendo tentado por Lestat a provar são as melhores passagens da trama. Também gosto muito da diferenciação do prazer humano do vampiresco, relatado muito bem no livro Pandora, da mesma autora. Aliás, Pandora e seu “cônjuge”, Marius, aparecem lá no final da série, em Rainha dos Condenados (este prefiro o livro ao filme).

    Enfim, é tudo uma questão de gosto pessoal. No auge dos meus 24 anos, Crepúsculo e sua sequência não me desperta interesse, e também tento entender esse fascínio dos fãs. Aliás, concordo que o Robert Pattinson é o novo Leonardo de Caprio das adolescentes.

    Na verdade, acho que só agora entendo como minha mãe se sentia quando eu tinha ataques de fanatismo por bandas, atores, filmes etc.

    BTW, ótimo texto! E aos que estão reclamando de sua opinião, Mauricio, deveriam na verdade lhe respeitar. Se não respeitam a sua opinião, como podem cobrar que você respeite a deles?

    []’s

  76. Pilar disse:

    Quem leu Anne Rice, de fato, não vai gostar de Stephenie Meyer, como eu. Vampiro porpurina (no sol), virgem aos quase 100 anos de idade, como insinua o Crepúsculo?! não sei não…

  77. Ana_Patt disse:

    Para tentar entender o que chama atenção nos livros e nos filmes, vc tem que ir além que se vê.
    Não que os filmes sejam ruins. Passei a ler depois de ver crepusculo em dvd, nem havia ido ao cinema. Dá pra ver a falta de recursos da produção, como os efeitos especiais, mas Robert e Kristen garantem que o essencial dos livros seja transmitido: a entrega pura, qdo vc se joga de cabeça em um relacionamento.
    É facil entender porque as meninas, mulheres gostam mais da série do que os homens (mas eu conheço muitos rapazes e senhores que gostam!). A diferença mora naquela questão que todos os homens tentam compreender: como entender as mulheres?
    Steph criou o mundo perfeito. O homem perfeito. O amor perfeito. Quando o restante do mundo, os problemas não importam. Quando você tem tanta fé no amor do outro que se joga de cabeça. Bom, as meninas podem crescer, virar mulheres (como eu), mas essa fé no conto de fadas nunca morre. Nós acreditamos muito no amor incondicional, porque somos capazes de senti-lo. Infelizmente isso se restringe os cromossomos X da nossa espécie.
    Mas vc não pode olhar o filme e ver ali somente uma produção cinematográfica. Esse é o ponto. Se vc analisar somente isso, certamente ele não irá agradar tanto. Os filmes são bons (ambos!), mas não chegaria a ser um fenomeno se fosse só isso. Matrix é melhor. Guerra nas estrelas é melhor. V de Vingança é melhor. O que faz da Saga essa coisa enorme, é porque ela envolve os nossos desejos, os nossos receios, os nossos sonhos. Vendo ou lendo a vida de Isabella Swan, você passa a enxergar a vida de um modo melhor. Essa é a questão. Esse é o ponto. Esse é o segredo.

  78. LUCIANA disse:

    BOM, TAMBÉM NÃO SOU MAIS ADOLESCENTE, MAIS JÁ FUI, CLARO. O QUE VALE EM QUALQUER FILME OU HISTÓRIA, É O SONHO, NÃO IMPORTA SE É REALIDADE SE É FICÇÃO, MAIS SIM O TANTO QUE AQUELA HISTÓRIA NOS FAZ SONHAR, SEJA NAS ESTRELAS, COMO ‘STAR WARS”, NA MAGIA COMO “HARRY POTTER”, NA TERRA MÉDIA COMO EM “SENHOR DOS ANÉIS” OU O FIM DO MUNDO COMO EM “2012”. O IMPORTANTE É NOS TRANSPORTAR PRA OUTRA DIMENSÃO, E É ASSIM QUE OCORRE EM CREPÚSCULO, NOS LEVA PARA O MUNDO DOS SONHOS, POIS DE REALIDAE OS JORNAIS ESTÃO CHEIOS.
    TENHO 31 ANOS E ESTOU ABERTA “INTELECTUALMENTE” AO MUNDO DA FANTASIA, E QUE MAL FAZ IST?

  79. Jefferson disse:

    O filme e monotono . e não tem praticamente nada que o faça ser esse fenomeno de bilheteria. ainda bem q assisti somente o filme, o primeiro logico ¬¬. e do livro quero e distancia. a não ser que eu esteja sem sono. prefiro assistir lagoa azul na sesao da tarde e novamente na tela quente.!

  80. Hally disse:

    Sou guria e compartilho de sua opinião. Não li o livro e vi o filme meio que de “livre e espontânea pressão”, e não achei nada demais. Muito provavelmente não perderei meu tempo vendo Lua Nova.

    Existem muitos bons filmes sobre vampiros, mas “sérios” e menos melosos, que não tem pretensão de fabricar galãs ou personagens frágeis e cheios de paciência.

    Só me pergunto se até 2012 eles conseguem fazer e exibir todos os filmes da saga. Não que seja importante, acho que o mundo pode tranquilamente acabar sem eles.

  81. Lana disse:

    Eu realmente acho que você não viu o filme com um olhar crítico e sim preconceituoso. Você se deixou influenciar por várias meninas critando na estréia e imaginou que somente esse público se interessaria pela história. O que não é verdade. Eu não sou nenhuma adulta, tenho 22 anos, mas já sou casada, me sustendo….enfim acho que posso me excluir do público a que se refere. Vi Crepúsculo, vi Lua Nova e já todos os livros. E ainda arrastei meu marido para o cinema comigo. Prefire a SAGA do que as novelas da Globo, onde não existe amor, todo mundo fica com todo mundo, não exitem valores….
    Lua nova é 1 parte de 4, é simplesmente impossível julgar sem conhecer todo o enredo.
    Achei infeliz sua crítica, não pq eu sou fã da saga, mas pq vc nem se quer a conhece…

  82. Fernanda disse:

    A saga Crepúsculo é a alma feminina exposta a quem quer ver. Queremos um homem que só existe na ficção, porque os reais, por mais belos que sejam, não chegam aos pés de Edward. Ele não pensa em sexo, ele é sensível, protetor, jamais haverá alguém como ele. Os homens estão muito baseados em mulheres vulgares e por isso estão ficando desinteressantes.

  83. olá!! eu li bem que disse o aviso me aburreci muito, poderia me contar o fim do filme? ( lua nova )

  84. SIMONE disse:

    ENGRAÇADO DEBOCHAR DO TRABALHO ALHEIO SEJE ELE QUAL FOR, SENDO ACREDITO EU Q A PIOR COISA NO SER HUMANO NAO E SUA CAPACIDADE DE SER UM EINSTEN, MAS SIM DE SIMPLESMENTE FAZER ALGO ENGRAÇADO Q SE FOSSE SOBRE DROGAS PROSTITUIÇAO ESTARIA PERFEITO…ACHU Q PIOR Q TD NESSA VIDA E A IGNORANCIA DE ALGUNS Q ACHAM Q SAO MELHORES QUE OUTROS SABE-SE LA PQ , MAS O SIMPLES FATO DE CRITICAR O TRAB DE UMA PESSOA TORNA-O PIOR Q AQUILO Q ELE MESMO CRITICA…RESPEITO E TD …LI TODOS OS LIVROS, ASSISTI OS FILMES CONCORDO COM ALGUNS COMENTARIOS ACIMA DE FALTARAM MAIS EMOÇÕES NOS FILMES MAS ESTAO DENTRO DAQUILO Q NOS PRECISAMOS …ESQUECER UM POUCO DROGAS E OUTRAS COISAS E TENTAR ACREDITAR NUM MUNDO MELHOR MESMO Q SEJA EM VAMPIROS BONS….KKKKKKK….BJUXSSS GALERA…

  85. Lívia disse:

    oii! eu to louca para ver lua nova eu vou ver esse sábado aposto que vai ser ótimo tbm com um diretor desses;rsrsrs

    thau tahu! beijinhos em cada ator!!♥

  86. lucas disse:

    sinistro brother american phushsushsu

  87. Bruna disse:

    já vi os filmes mas antes li todos os livros e realmente acho q vc devia ler. Foi muito preconceituoso essa sua crítica pq vc ja foi ver o filme achando q esse era mais um filme de adoslecente. Pode até ser mas eu conheço varios adultos q viram o filme, gostaram, e querem ler os livros. Então para de ser burro e começa a ler. TEAM JACOB !!!!!!!!!!!!!!!

  88. Jaque disse:

    Li todos os livros, comprei o dvd Crepúsculo, estou indo hj assistir ao Lua Nova, e nao me importo com o que os outros pensam, eu curto e isso pra mim basta, vou assistir e analiso por mim mesma. E Lana…realmente se eu tiver que escolher um filme (qualquer que seja), ou novelas, eu prefiro filmes, concordo com vc, e tantas vezes quantas passar eu assisto Crepúsculo sim !!!
    Tem gente que se incomoda com tanto sucesso, se nao fosse bom nao estaria batendo alguns recordes.
    Bj pra vc Lana

  89. Alessandra disse:

    Concordo plenamente com a Lana com relação ao modo como vc analisou o filme. E pela possível falha na sua análise, vc não enxergou que este momento da saga define, pontua os sentimentos de Bella e Edward.É o momento que ele (Edward) precisa se afastar por perceber a fragilidade de sua família com relação à Bella (cena do acidente na casa dos Cullen comemorando o aniversário de Bella – reparem que o pai queima a gaze e algodão com sangue dela). Bella por sua vez, mesmo tendo certeza de seus sentimentos por Edward, se aproxima de Jacob, não para tentar se apaixonar, mas por saber que seria uma maneira de se reaproximar de Ed (não faça nada imprudente). Assista de novo e tente enxergar por esse prisma.
    P.S. Tenho 39 anos e também prefiro assistir à saga do que novela e bbb ou fazenda.

  90. Cristiane disse:

    olá…talvez por ser uma série..que está voltada para um público juvenil até adultos se interessaram…ele tem uma sintonia..e uma história..e que não teve fim por ter um seguimento nos próximos…sou mãe tenho 41 anos..achei interessante..pois não existe sena de sexo e vulgaridades como em muitos que são expostos..existe sim algo de sentimento e amor verdadeiro de ambos..apesar de ser uma ficção…mas que encantou a todos…e por ser um novo filme the VAmpire!!!!!!!!

  91. Adriana disse:

    Acho que você deveria ler os livros, Maurício. Gostei do seu texto a respeito dos filmes, mas obviamente toda adaptação sofre ENORMES mudanças, portanto leia os livros. Amo a saga (li todos os livros) e acho que o que arrasta os adolescentes do mundo todo atrás desse fenômeno são os valores que são transmitidos e que há muito se perdeu em nossa sociedade…lá no fundo todos nós, adultos ou não, temos aquele sonho de cinderela!
    A propósito, tenho 29 anos, sou mãe e chefe de família e simplesmente amei os livros….assim como qualquer pessoa inteligente amaria Romeu e Julieta.

  92. Marcelo Sousa disse:

    Tenho 31 anos e fui apresentado á saga por uma colega de trabalho de 52 anos que, por sua vez, foi levada aos livros por sua filha de 25. É a típica literatura mediana dos anos 2000, a literatura “fast food” americana, e isso não é bom nem é ruim, é simplesmente fruto do nosso ambiente, e tem seu valor, e sempre terá seus seguidores aqui e ali, como nosso Paulo Coelho tem! Enfim, os livros são regulares ( lí todos no original, em Inglês, e não achei ruim ) e os filmes tentam vender em imagens aquilo que nós imaginamos sob as palavras de Stephanie Mayer. Sem preconceitos, é diversão fácil para uma sessão da tarde, e pronto!

  93. Cynthia disse:

    Hhahaa, meu marido falou a mesma coisa que você!!!! Olha, tenho 31 anos e nunca havia lido os livros, fiz como voce, assisti no sábado Crepúsculo no telecine e Lua Nova no cinema na sexta-feira. Simplesmente me apaixonei, como não fazia desde a adolescência. Fiquei pensando em Edward durante dias, não vejo a hora de poder assistir o filme novamente (sem os gritos histéricos das adolescentes). Mas meu ponto é, que por mais que vocês homens achem que é algo para adolescentes, mulheres de todas as idades se apaixonam. E sabe porque? pois é uma linda história de amor, respeito, etc etc etc… acho que todas nós queremos na vida um Edward (que nem é tão bonito assim, convenhamos), que nos ame incondicionalmente, que faça tudo por nós. Queremos ter uma história de amor tão intensa quanto essa. Pode parecer bobagem, mas uma mulher, mesmo madura e inteligente, sempre tem um conto de fadas escondido em algum cantinho de seu coração.

  94. Adriana disse:

    Não gosto que dizem que os fãs de Crepúsculo são adolescentes. Sou uma fã de 37 anos e dois filhos. Li os 4 livros. Adoro a estória. Adoro o filme! Amo o Edward e a Bella.
    Para mim, trata-se de um romance, o que todas nós muheres sonhamos e sabemos que boa parte do perfil do Edward, infelizmente, não existe.
    São estórias pra gente sonhar, suspirar, acreditar…
    Não seja preconceituoso, utilize isso para entender a alma feminina.

  95. Nathália disse:

    APESAR DE TER GOSTADO DO PRIMEIRO FILME, E TER VONTADE DE ASSISTIR OS PROXIMOS, GOSTEI MUITO DA CRÍTICA DO MAURÍCIO STYCE!
    CONCERTEZA FILMES COMO ESSE NÃO PASSAM DE UMA ÁGUA COM AÇUCAR PRA GENTE VER UMA VEZ NA VIDA E NÃO CONCLUIR NADA!… EU QUERO VER ALGUÉM COMPARAR UM “CREPUSCULO” COM UM “E O VENTO LEVOU” … POR FAVOR MINHA GENTE, VAMOS SER REALISTAS… O FILME PODE ATÉ SER BOM DE VER, MAS O CONTEUDO É ZERO…

  96. Jéssica disse:

    Não li os livros, e nem vou ler porque essa pseudo-autora entrou de gaiato em um gênero sem fazer nenhum tipo de pesquisa, como ela mesma confessou em uma entrevista. Aliás, o conteúdo dela é tão “vasto” que a maior entrevista que ela deu na vida durou 10min36se, de acordo com a Folha desta semana. Uma escritora que tem seu repertório esgotado tão rapidamente não merece lá muita atenção, mas os jovens não tão nem aí para isso, ainda mais no Brasil. Segundo a própria, ela fez o livro baseado em um sonho. Claro que também que ela fez um “cozidão” de todas as histórias vampirescas da atualidade, e o resto ela inventou. Mérito dela, que ficou rica, pois ela foi direto ao ponto. Qualquer coisa feita para adolescentes faz qualquer um ficar rico, pois esta é a faixa da população que mais consome, e principalmente coisas superficiais e de apelo emocional, isto é fato. Quem é esperto, já está tratando logo de inventar qual vai ser a próxima modinha depois que todos esses filmes forem lançados.
    É o ciclo da vida.

    • Josiane disse:

      Quem foi que disse que os vampiros TEM que ser todos iguais?
      Você já leu algum livro do André Vianco? Só ele tem duas vertentes: leia Os Sete, Sétimo e O turno da Noite vols 1, 2 e 3 e depois leia Bento e Vampiro Rei vols 1 e 2. Dê uma passadinha em Senhor da Chuva pra ver mais um.

      E voltando à Steph, leia A hospecdeira e verá se ela é ou não flexível.

  97. Tatiaen disse:

    COMO JA DIZ: É UM FILME!!!!! – se fosse para ser vida real não teria a menor graça! Essa nos ja vivemos. =D

  98. Nathália disse:

    AH… E TEM MAIS UM DETALHE PESSOAAAALLL… SER CRÍTICO NÃO SIGNIFICA SER PRECONCEITUOSO… É APENAS UM PONTO DE VISTA, E DIGA-SE DE PASSAGEM, DE ALGUÉM QUE DOMINA O ASSUNTO!

    • Lorraine disse:

      Crítico é só alguém que conhece o caminho, mas não sabe como dirigir o carro. Reflita.

  99. leonnardo disse:

    Mauricio, você conseguiu colocar em palavras exatamente o meu sentimento ao sair do filme LUA NOVA. Dizer que o filme é ruim, pode até ser um exagero, mas certamente é uma história muito parada e depressiva. A personagem principal é uma chata, que por um milagre, tem amigos na escola…já o vampiro galã (com cara de doente terminal) faz muita cara de nojo à cada beijo que tem que dar na mocinha…e ainda tem o lobinho que é do bem, mas leva um fora daqueles (será discriminação contra a raça indígena?)…muito lento e deprê esse filme! Como tenho filha pré adolecente…sigo tendo que aturar essa chatisse. Mais uma vez parabéns pelo texto!

  100. bia low disse:

    No filme crepusculo ao meu ver mostra bem a tensão existente entre Bella e Eduard de uma forma que me deixou curiosa para Ler os livros…bom de cara comprei e li os 4 em 1 semana, Concordo com os que dizem que a escritora não é lá muito boa e teve “sorte” tvz., mas a historia fantasiosa me fez esquecer os problemas reais da vida adulta e entrar no imaginario adolescente, e isso foi maravilhoso. Quanto ao filme Lua Nova melhorou em acabamento porem faltou aquela tensão do primeiro, mas para quem leu o livro é mais uma inlustração, irei assistir Eclipse e se fizerem Amanhecer tb. Me diverti com os gritinhos das meninas, sonhar faz bem…Quanto a mitologia, não vejo problema em pele de purpurina, qum disse que não se pode acrecentar mais fantasia ao mito vampiresco.
    Meninas, gritem, suspirem, sonhem que seja pelo Vampiro ou pelo Lobsomem, aproveitem pois a fase passa e sempre será divertido lembra “no futuro”.

  101. Josiane disse:

    “Adolescentes, não leiam este texto” – já que tenho 28 anos, continuei a leitura.

    Sinceramente, criticar os filmes sem ter lido os livros é um pouquinho demais.
    Comparando os dois filmes, tenho que dizer que Lua Nova é melhor (mudou a diretora, você percebeu isso?).

    Crepúsculo não é comédia. Ninguém vai ao cinema pra rir com ele. Mas se você gosta de tiradas, espere pelo Eclipse.

    O jeito “afetado” de falar dos vampiros vem dos seus séculos de idade. Aro tem 3000 anos de idade, esqueceu? Ah, é… você não leu os livros…

    Devo concordar que o Robert não seria minha escolha para personificar o Edward, mas você tem que perdoar as meninas mais afoitas. É coisa da idade, você já passou por isso.

    O “pé em Romeu e Julieta” é mais claro do que isso. A comparação é bem clara e significativa. AH, éééé……… você NÃO leu os livros………….

    O “encorpamento” de Jacob e o fato de ele ficar sem camisa se deve a ele virar lobisomem. Saberia disso se tivesse lido os livros.

    A Stephenie foi muito feliz ao escrever a saga, pois ela não focaliza tudo em torno do sexo.

    Mais uma vez, o recato de Edward se deve à sua idade. Ele nasceu em uma época em que os homens respeitavam as mulheres e sabiam como cortejá-las, sem parecer cães partindo pra cima de “cachorras”.
    A decepção masculina com a “concorrência desleal” devia antes é fazer com que revejam suas atitudes para com o “sexo frágil”.

    Não pensem vocês que só os homens saem decepcionados do cinema. As mulheres também. Porque quando olham para seus maridos/ noivos/ namorados/ ficantes se dão conta de que não chegam aos pés do Edward. E não estou falando do qusito físico, não.

    Já que vocês, homens, se incomodam tanto com a saga, deviam é repensar no PORQUÊ ela faz tanto sucesso.

    • Byaah disse:

      Aff gente por aqui rasgando por causa deCrepusculo…que ridiculo esse filme devia serjogado no lixodetão ridiculo que é!

    • Suelen disse:

      Me admira você, Josiane, com 28 anos nas costas, entre tantas opções de literatura realmente significativas e que acrescentem algo à formação e também como entretenimento, escolher Crepúsculo para ler!
      E desde quando sucesso é prova de qualidade? Taí os funks, axés e mulheres-frutas, que não me deixam mentir.

    • Vivi disse:

      tenho guase 34 anos e acredito que não há idade para amar e acreditar na felicidade. Amo os livros, os filmes e Edward. Não se importe com comentarios de pesoas recalcadas Josiane.

    • rafael disse:

      eu concordo com a suelen.

      entretenimento, só.

    • Filipe Silva disse:

      Quer dizer que assistir o filme e ter opinião sobre ele é algo restrito a quem leu os livros? É um pacote fechado? Apontar qualquer defeito no roteiro e/ou direção é em razão de não ter lido os livros? Que ridículo.

      Lendo seu comentário até parece que foi a tal Meyer quem inventou os vampiros e os lobisomens, tamanha é a “seriedade” dos livros.

    • Sol1968 disse:

      Josiane parabéns pelo seu muito bem elaborado e correto comentário. Realmente acho muita pretensão alguém criticar sem ter lido os livros. E também acho estranho que quem odeie os filmes e livros se dê ao trabalho de comentá-los. Você disse tudo. Eu me apaixonei pelo personagem (não o ator) Edward principalmente por sua indole, sua devoção e respeito pela pessoa que ama.

    • Josiane disse:

      Concordo sobre o funk e etc, mas com 28 anos de idade eu sei muito bem escolher o que leio e o que não leio. Isso não quer dizer que só leia esse tipo de literatura.
      Estou muito acima da média brasileira. Leio a média de dois livros por semana. Às vezes mais.
      Também possuo uma biblioteca acima da média. Tenho livros da literatura brasileira, Dostoiévski, Tolstói, Agatha Christie, Stephen King, Homero, Sidney Sheldon, Edgar Wallace, Shakespeare e muitos outros menos ilustres, INCLUSIVE Stephenie Meyer EEE André Vianco.
      Acho que tenho um gosto literário bem desenvolvido pra me deixar levar por modismos (só pra constar, eu li o primeiro livro muito antes do “boom”) e tenho discernimento para esolher.

    • Josiane disse:

      Filipe, ele está criticando a HISTÓRIA, e isso não se restrige aos filmes.
      Opinião é opinião. Ele se sentiu no direito de publicar a dele e eu me senti no direito de discordar.
      Simples.

  102. Alessandra disse:

    Caro Maurício, fui apresentada ao livro Crepúsculo por acaso, pois sempre mantenho um livro de cabeceira e, há mais ou menos 3 meses, estava sem nenhum e acabei fundando um “Clube do Livro” no trabalho, quando peguei este que minha secretária adicionou, pertencente a sua filha adolescente. Me interessei pela história de vampiros e acabei DEVORANDO o livro, de forma que não consegui mais parar enquanto não cheguei ao final de Amanhecer (4º livro). Tenho 33 anos e nunca fui chegada às histerias inerentes ao público adolescente, mas realmente a série fala de uma linda história de amor e, como já dito nos depoimentos acima, tão raras hj em dia. Ah, e não foi só eu que me fascinei pelos livros não… Minha mãe, de apenas 69 aninhos, também não sossegou enquanto não terminou o 4º exemplar da saga. Quem me dera aparecer um Edward ou um Jacob em minha vida… Acho q vc realmente devia ler os livros e desfrutar da incrível inspiração da autora quando escreveu uma história tão emocionante e linda para os tempos atuais. Um grande abraço!!

  103. Tatiana disse:

    Confesso que você foi um pouco cruel nos seus comentarios, mas concordo em boa parte com ele.
    Não compreendo como a Sra. Stephenie Meyer transformou seres das trevas, como são tradicionalmente conhecidos os vampiros (afinal eles são seres desprovidos de alma) em seres que brilham com a luz do sol, como um ser que viveu mais ou menos uns 100 anos como o Edward ainda se comporta como um adolescente…
    Mas por um lado a saga o crepusculo resgata nos adolescente valores como o amor por amor e não “amor” para sexo, hoje coisa tão comum e banal em novelas e seriados brasileiros, tão banal a ponto de hoje em dia garotas se envergonharem por serem vigens com 15 anos, de se submeterem a pressão dos namorados para transar mesmo sem querer, apenas por submissão, transformando-as assim submissas em relação ao amor e ao prazer tão cedo, sem descobrir por si so e por vontade propria, por pressão do namorado, dos amigos, da tv que insisti em mostrar que sexo sexo sexo as 24 h do dia., digo isso por que trabalho na area da saude e diariamente vejo meninas, quase crianças gravidas, se preucupando com sexo em idades em que deveriam se preucupar com as descobertas do proprio corpo em transformação.
    Falo isso tudo porque tenho 25 anos e apesar de não estar mais na faixa etaria de encantamento deste tipo de filme, defendo sim este tipo de filme para adolescentes, prefiro este e outros como Hight School Music ao grupo Rebeldes

  104. alguem disse:

    Eu não gosto da saga crepusculo, nem o que vier deste filme, pra mim não presta, mas HArry Potter Romeu e Julieta tudo bem.

  105. Ana_Patt disse:

    Ah…Alguém nunca parou pra pensar porque os vampiros da Steph brilham???
    Ela descreve detalhadamente o processo de transformação do nosso corpo, qdo se torna um vampiro.
    Nosso sangue é consumido pelo processo e o veneno cura todas as feridas, marcas que há no nosso corpo. Como se fossemos “cristalizados”. Por isso seriamos imortais e “congelados”. Por isso é que o corpo “brilha”. pq é literalmente um “cristal”

  106. Laisa disse:

    Olha Josiane meus parabéns!!! Disse tudo o que todos pensavam…
    É fácil criticar sem ter lido nenhum livro sequer… É notável que os filmes não seguem a risca o livro, até porque não teria como mesmo… E essa não uma série para adolescentes… leia os livros meu caro!! vc vai entender!!!

    Informação cai muito bem… e isso é essencial antes de publicar sua opnião!!

  107. Vanessa disse:

    Josiane…concordo com você. Você foi brilhante em sua colocação. Edward é um homem educado, simples apesar de suas particularidades, e lindo…porque não? É encantador e transmite um amor incondicional por Bella, o que falta a muitas meninas e mulheres por esse mundo afora. Por isso ele encante tantos corações. A história é brilhante e muito bem elaborada. Tenho minha opinião própria e sinto muito por ter muita gente por aí que não goste de tirar suas próprias conclusões. Caráter também é sexi, e transmite muita personalidade…….Edward, você tbém ganhou o meu coração!!!!

  108. Lorraine disse:

    Sim, eu sou uma adolescente, mas li o texto até o fim. O aviso no início do texto “NÃO leiam” tem o efeito completamente contrário: olá, somos adolescentes! Fazemos o que nos dizem para NÃO fazer.
    De todas as críticas que já li sobre a saga, as mais “ofensivas” são as feitas por homens. Parece que eles não conseguem entender o porquê de amarmos tanto a história, mas, se esquecem de que a maioria das garotas também não se atrai muito por filmes de pancadaria e explosões; nem por isso, saímos por aí apontando os defeitos desse tipo de produção. Preferimos ignorar.
    Tentar entender a história sem conhecê-la a fundo talvez seja uma tentativa inútil. Tudo se trata de sacrifício, autruísmo: coisas que o mundo anda precisando muito ultimamente. Qualquer garota que veja um namorado abrindo mão do que quer para que a amada seja feliz, fica hionotizada pelo filme, mas sabemos que algo assim não é real. Portanto, nos deixe viajar nas linhas da série que você não leu e nos filmes que você não fez questão de assistir. A produção não é perfeita, mas gostamos disso. Não há nenhum livro adaptado para cinema que não deixe a desejar, e a Saga Crepúsculo não é e nem será diferente.
    Agora, se bem me lembro, não só garotas fizeram filas imensas para assistir Lua Nova, havia garotos também. E adultos. Muitos deles. Por que alguém que acha que os filmes são “coisas de mulherzinha” se incomodaria de estar à meia noite no cinema para assitir algum deles? Às vezes,é só porque falta um pouco de compreensão: Stephenie escreveu a história dela, sem se preocupar com como os outros “filmes(ou livros) do gênero” abordavam o assunto. Estamos no século XXI e por mais que tenhamos clássicos como os de Rice e Stoker, não precisamos nos prender ao que eles imaginaram. A originalidade também atrai, e talvez por isso, os vampiros com “purpurina no rosto e lábios muito vermelhos” tenham conquistado milhões de garotas (e garotos – pelo menos aqueles que não são machistas demais para admitir) pelo mundo inteiro.

    • Emanuel disse:

      Lorraine, quando você amadurecer um pouquinho mais e olhar para trás, você refletirá: “Nossa! Como eu era ingênua para perder meu precioso tempo com essas bobagens de Lua Nova!” Aceite a sugestão do Jefferson, pois realmente é mais interessante assistir a Lagoa Azul repetidas vezes do que Lua Nova. E quanto à comparação de gêneros entre 2012 e Lua Nova, vou te explicar, pois é bem simples de entender: quem quiser assistir um excelente filme, assista 2012; quem estiver com problema de insônia, assista Lua Nova que você dormirá bem rapidinho, hehe.

    • Lorraine disse:

      Não preciso amadurecer para conhecer o que é bom. Eu me considero um leitora experiente, já li vários clássicos e consigo interpretá-los, ao contrário de muitas pessoas que deixaram seu comentário aqui. Se você prefere assistir à Lagoa Azul, isso já mostra como são as suas preferências e gostos cinematográficos, e se sou ingênua, as outras pessoas “não adolescentes” que foram assistir ao filme e gostaram também são, e existem milhares delas. Não estou discutindo a opinião de ninguém, estou defendendo a minha e no meu comentário eu tentei não ser ofensiva. Mas parece que há pessoas que não conseguem usar bons argumentos no lugar de denegrir a imagem de algo ou alguém.

  109. Agnes disse:

    Acredito que todos nós somos livres para expressar o que pensamos.Bem, tenho 26 anos e por trabalhar com adolescentes recorri ao livro crepusculo e não quis mais parar de ler os livros, imediatamente comprei toda a saga e recuperei o tempo assistindo ao primeiro filme e garantindo meu ingresso para a estreia do filme lua nova, devo confessar que o filme em si é um pouco fraco e deixa a desejar no seu ritimo,mas os livros são ricos em detalhes, descreve muito bem os sentimentos, conflitos, duvidas, relacionamentos na vida de uma adolecente, é claro tendo como pano de fundo uma trama pouco comum,talvez isso o torne tão contagiante, além de resgatar esse sentimento de amor e respeito,deixando uma mensagem positiva para os adolescentes como já foi dito acima.vale a pena lê os livros.

  110. Cinderela disse:

    Ai ai Mauricio
    Vc gosta de apanhar né…
    kkkkkkkkkkkk

  111. Bianca Fincati disse:

    eu a-d-o-r-o posts polêmicos…

  112. Elisa disse:

    eu tbm nao li os livros e nao tinha nenhuma curiosidade sobre crepusculo, msm com tanto alvoroço sobre o filme e livros. mas um dia qualquer na casa do meu namorado, baixamos ‘crepusculo’ para assistir e realmente me surpreendi, nao gosto de filmes do genero como HARRY POTTER, SENHOR DOS ANEIS e outros filmes fantasiosos, mas realmente a historia do filme me cativou, é uma historia de amor, é um filme teen, mas com uma historia mto diferente do q se costuma ver por aí, o q mais gostei no filme além do romance dos dois é qdo ele mostra o seu mundo pra ela e pra nós. agora, devo admitir q lua nova foi decepcionante, tava esperando outra coisa e realmente foi um lenga lenga sem fim, achei forçado o roteiro, a atuaçao e a maquiagem. mas nem por isso pedi a curiosidade sobre o filme e devo ler os livros em breve. abraço

  113. labanca disse:

    Cara, eu entendo todas vocês.

    Querem “super-homem” que lhes tragam sensação de serem especiais, de estarem protegidas.

    Sejam grandiosas vocês mesmas e parem de se esconder atrás de seus romances infantis.

    • Lorraine disse:

      Somo grandiosas o bastante e não queremos nenhum homem para nos escondermos atrás. Muito pelo contrário – o que queremos é um tipo de homem na qual possamos nos igualar, mas, os homens de hoje não dão mais valor às coisas que realmente importam e assim, é difíci encontrar um que possa se equiparar a nós.
      Desculpe, mas você NÃO nos entende, primeiro, porque não é uma de nós e segundo porque tenta justificar a personalidade feminina através de uma simples opinião pessoal. Infelizmente, romances infatis são a única coisa que homens como você terão em toda sua vida, simplesmente por terem a pretensão de pensar que nos conhecem.

  114. Erica disse:

    Eu li os dois primeiros livros, também na tentativa de entender o apelo que eles têm para as jovens. Como já disseram, a leitura é viciante, você acaba devorando realmente os livros. A autora, entretanto, não usou de nenhum recurso refinado na estrutrura da obra. O que ela fez foi copiar a fórmula dos folhetins — sim, os mesmos que eram colocados nas mãos das jovens senhoras da sociedade –, adequar a linguagem para a do público adolescente, usar de temas tabus (como sexo, não-sexo, amizade, divórcio, nova escola-ansiedade adolescente) e misturar com a figura “mitológica” que exerce mais fascinação desde Bram Stocker. Infalível. Ouso dizer que ela não escreveu totalmente. No próprio blog ela alega que a editora “sugeriu” a mudança do foco narrativo e a estruturação fixa (flash da ação final no início como gancho, começo devagar e cheio e “disse não disse”, clímax quase no final e executado rapidamente, prólogo com gancho para o próximo livro).
    Se querem realmente ler bons romances, sugiro O morro dos ventos uivantes; Ligações perigosas, Drácula (de Bram Stocker), O clube dos imortais (do brasileiro Kissy Ysatis), os livros de vampiro do André Vianco.
    Se quiserem conversar sobre literatura, tenho tb indicação de boas obras e blogs do pessoal da Ficção Fantasia.
    Saudações

  115. Talita Cruz disse:

    Bom, li os 2 primeiros livros (estou lendo o terceiro) e vi os 2 filmes..eu adoro a história, não sou mais adolescente mas acho que uma boa história de amor não tem idade. Fantasioso? sim, é, mas um pouco de fantasia não faz mal a ninguém. A realidade muitas vezes é sem graça…

    Analisando o filme tecnicamente (como o Mauricio fez), realmente deixa a desejar em muitos aspectos (como a atuação da atriz que interpreta a Bela, por exemplo), mas se ele fizesse uma critica baseada nos livros, talvez o saldo seria mais positivo…

  116. amaury disse:

    muito bom texto maurício. vc fez uma análise do filme e só do filme. esse argmento que vc não leu o livro pra falar isso ou aquilo não cola, afinal, o filme é feito para que não se leia o livro mesmo, pois até hoje nunca fizeram um filme descente que fosse baseado em algum livro. ‘o poderoso chefão’ é a prova disso, por melhor q seja, o livro consegue ser melhor. tbm não li o livro e não vi nenhum dos filmes….pelos comentário e teasers da pra ver que não leva a lugar nenhum…….

  117. Ana Moret disse:

    A estória é cativante…O Edward é lindoooooooooooo………….o Jacob é gostosérrimo….por isso a inveja!
    Com os milhões de dólares que a autora e os atores estão ganhando…pouco se importam com críticos suburbanos que sobrevivem de salário mínimo para fazer esse tipo de coisa.

    Este final de semana eu vou de novo! Dar mais lucro e credibilidade a saga…Eles merecem cada centavo!

  118. Maria Eduarda disse:

    Não devia nem se dar ao trabalho de escrever sobre algo que não conhece.

  119. Karina disse:

    Bom eu concordo com a Josiane…
    quem não leu o livro, certamente não vai entender mto bem os filmes nem achar graça.
    Muitas criticas em volta de Crepusculo e Lua Nova são mto exageradas…
    Nos livro temos uma riqueza em detalhes que nos fazem imaginar cada palavra dota por Bella e no ultimo livro tbm dita por Jacob.
    Não podemos exigir muita coisa do filme, os livros são bem extensos como colocar tudo em um filme de 2h e 20min?
    A pessoas deveriam ler primeiro os livros e depois assistirem os filmes… tudo ficaria muito mais claro….

  120. Su disse:

    Adorei o texto do Mauricio Stycer e achei muito coerente, pq?
    Li todos os livros e quero assistir a todos os filmes, ou seja, gosto da história, mas o meu gostar não me impede de pensar sobre o que li e sobre o que assisti. Acho que tanto os livros quanto o filme (no singular pq só hoje vou assistir Lua Nova) apresentam falhas, no livro, p exemplo, o fato do Jacob ser lobisomem por quase três livro e no ultimo capítulo descobrir-se ele apenas se transforma em lobo e que poderia ter se transformado em um outro animal. Aí vem a pergunta como ele mata vampiros?
    E qt aos comentários sobre o Mauricio Stycer não ter lido os livros: Ele n precisa ler os livros p comentar o filme, pois O FILME é uma interpretação do livro não é cópia do livro no cinema.
    Qt as sugestões de livros são válidas, mas ler o q se quer, o que dá prazer geralmente leva a outras leituras, indicações antecedidas por “o que vcs estão lendo não presta” geralmente não despertam nenhum interesse.

  121. Ana Carolina disse:

    Concordo com o Maurício… Li os livros (estou terminando o 4° – Amanhecer) mas sinceramente não gostei do filme!
    Claro que sei que filme tem que ser comercial e vender e tudo mais … Porém o filme deixou a desejar… A interpretação dos atores principais (Pattinson, Lautner e Stweart) são muito caras e bocas e pouco sentimento. Bom … Essa é a minha impressão… Ainda fico com os livros, mas não pagaria para ir no cinema assistir aos filmes …

    • Carlos Alves disse:

      Acha realmente que existi algum ator capas de interpretar fielmente as cenas dos livros… eu acho muito dificil reprodusir todas aquelas emoções…

    • Ana Carolina disse:

      Caro Carlos,
      É meio óbvio que nenhum ator é capaz de interpretar fielmente as cenas dos livros… Digo principlamente as caraterísticas que definem cada personagem … Por exemplo: no filme a Bella se mostra uma verdadeira tapada. Ela custa a juntar 1+1… risos. Já no livro ela é uma garota mais curiosa, mais questionativa (hahaha nem sei se existe essa palavra). Então, acredito que uma parte da essencia do livro se perdeu ali… Na caracterização de cada personagem

  122. matias disse:

    Desculpem mas os filmes são ruins mesmo, são só pra garotinhas sonhadoras, mais nada

    • ocult person disse:

      uii disculpa aii baby.. se vc num tem cultura nem vem fala nada ….! 😡

  123. Yoko disse:

    Estava lendo outra matéria do Maurício, e vi q nos comentários, tinha esse q me chamou a atenção:

    Universitária 22

    “Gostaria de dizer primeiramente que estou extremamente horrorizada com a quantidade de comentários masculinos sobre o filme. Se não gostam, pq perdem o tempo de vcs criticando o filme? Isso é inveja ou falta do q fazer? Os atores são bonitos? SIMMMMM O filme é bom? SIMMMMMM O livro é melhor ainda? SIMMMMMMM Realmente tem um monte de adolescente q exagera, mas é fase….. Quem nunca teve um ídolo? Uma banda de rock, um jogador de futebol…..? Eu sou uma veterinária quase formada, tenho 22 anos, sempre estudei muito na minha vida e quero continuar estudando e progredindo e GOSTO DO FILME E FUI VER A ESTRÉIA!!! Sou uma pessoa fútil, q não liga para os estudos e nem para a pobreza e desigualdade no mundo pq gosto da saga crepúsculo e acho realmente o Robert bonito??? Ahhhhh vão catar coquinho na ladeira. Engraçado que fanatismo por futebol ninguém fala mal…. O problema desses homens aqui é q no filme não tem um bando de homem correndo atras de uma bola e com as coxas de fora….Garanto q se tivesse isso no filme, esses homens bobos dariam gritinhos igual as adolescentes… Parem de falar mal do filme… Pq não tentam escrever um livro que dê tanto ibope e dinheiro??? Não devem ter capacidade! PONTO FINAL!!!!! ”

    Depois q li esse comentário, aos risos, concordo plenamente com ela!
    Vão todos q não gostam da saga, inclusive o Maurício, catar coquinho na ladeira (como disse a universitária 22)!

    • zeli disse:

      Caracas! Não sou universitária, aliás já passei desta fase a pelo menos 22 anos, mas gostei do comentário reprisado. “Vão catar coquinho na ladeira”! Deixa a gurizada sonhar!Meninos bonitos, romance água morna,…. vampiros adocicados…Prá que ser sempre tão mais duro que a já tão dura realidade. Cinema é lazer, relax, enfim, as vezes é bom sentar numa poltrona e assistir alguma bobagnezinha prá relaxar.

    • Sebastiao disse:

      Ainda não assisti o filme, mas pelos comentários aki de meninos e meninas dá pra se tirar uma conclusão plausível.
      Homens são de venus e mulheres são de marte, ou seja, tem personalidades diferentes, homens não gostam de filmes nem revistas feitas especialmente pra meninas e vice versa. As meninas sonham com o principe encantado, com o homem ideal, embora estão mudando mas no fundo é isso que querem a maioria, choram sem motivo e se apaixona facilmente já os meninos ou são uns coitadinhos, tímidos que não conseguem se dar bem com as meninas ou são uns bad boys que fazem coleçoes de garotas mas com suas atitudes de arrogantes e mandoes, brigoes e metidos a bestas.

    • ju disse:

      CONCORDO……igual a EDWARD somente ROBINN.lindos e os filmes otimos….vcs sao todos despeitados com tanta coisa boa no filme…..e concordo amiga vao catar coquinho na ladeira.

    • zilda disse:

      Não sou nem adoslencente, nem burra, nem futil, sou pesquisadora da USP do departamento de farmacia, adorei todos os livros e os filmes tambem, se vcs não conseguem viver um pouco o mun do da magia azar de vcs.

  124. Zero disse:

    Crepúsculo: mais um hype idiota.

  125. Jefferson disse:

    nunca fui de Terceira eu sou e de primeira CEARA esporte Clube . 😀 !!!

  126. IzzY disse:

    Os livros até que são bons os filmes péssimos!!!
    fala serio né gente eu li os 4 livros beem antes de ser lançado o filme (crepusculo)..
    pra quem nunca leu o livro(ex; a grande maioria que se diz fã).. acha tudo otimo lindo e maravilhoso no filme..
    sem duvidas fico com os livros!
    EDWARD mas parece um gay que esta sendo forçado a beijar uma garota ele tem mesmo que fazer careta quando vai beijar ela?
    BELLA nos livros ela me parecia ser menos tapada.
    a unica coisa boa foi a transformação dos lobos só..
    bjoks!!

    • Sol1968 disse:

      Duvio que você tenha lido os livros, Izzy. Se tivesse mesmo lido saberia o motivo da expressão de “dor” de Edward ao beijar Bella.

  127. Prii disse:

    a eu simplesmente amo os livros, mas os filmes são muuito chatos, realmente são para menininhas que ficam babando nos atores. Não tudo bem eles são liindos mas não é pra tanto.

  128. IzzY disse:

    os livros são OTIMOS!!!
    mas os filmes deixaram as desejar e muuuito…
    ”CREPUSCULO e LUA NOVA poderiam ter sido melhores..
    = /

  129. Jefferson disse:

    Uoooooooooooooooooooowwwwwww ADRIANO ?? ta me ouvindo ?!

  130. Biah Macedo disse:

    Minha opinião é idêntica a dela sem tirar nem por 😀

    Universitária 22
    “Gostaria de dizer primeiramente que estou extremamente horrorizada com a quantidade de comentários masculinos sobre o filme. Se não gostam, pq perdem o tempo de vcs criticando o filme? Isso é inveja ou falta do q fazer? Os atores são bonitos? SIMMMMM O filme é bom? SIMMMMMM O livro é melhor ainda? SIMMMMMMM Realmente tem um monte de adolescente q exagera, mas é fase….. Quem nunca teve um ídolo? Uma banda de rock, um jogador de futebol…..? Eu sou uma veterinária quase formada, tenho 22 anos, sempre estudei muito na minha vida e quero continuar estudando e progredindo e GOSTO DO FILME E FUI VER A ESTRÉIA!!! Sou uma pessoa fútil, q não liga para os estudos e nem para a pobreza e desigualdade no mundo pq gosto da saga crepúsculo e acho realmente o Robert bonito??? Ahhhhh vão catar coquinho na ladeira. Engraçado que fanatismo por futebol ninguém fala mal…. O problema desses homens aqui é q no filme não tem um bando de homem correndo atras de uma bola e com as coxas de fora….Garanto q se tivesse isso no filme, esses homens bobos dariam gritinhos igual as adolescentes… Parem de falar mal do filme… Pq não tentam escrever um livro que dê tanto ibope e dinheiro??? Não devem ter capacidade! PONTO FINAL!!!!! ”

  131. wendy disse:

    Vocês homens que não gostam, fala sério! Vão ganhar o que falando mal, criticando?
    Eu gostei do filmes, livros , tenho revistas e posters amo tudo dessa saga o robert pattinson, Taylor ! Procuro saber tudo sobre eles, vejo entrevistas na tv acabo!
    vcs homens que não gostam vão catar coquinho msm 😀

  132. […] Mauricio Stycer, sobre a tentativa de entender o porquê de tanto frisson por causa do filme -clique aqui para ler- Meu caro Stycer, vou tentar esclarecer sua duvida… perdoe-me pela imbecilidade de ousar tal […]

  133. Eliete disse:

    A eterna discussão de livros que viraram filmes e (não) agradaram… Me fez lembrar a trilogia ‘Senhor dos Anéis’. Agora, discutir se o filme é bom ou não pq o tema é adolescente é demais! Fui assistir ao Lua Nova com minha sobrinha de 13 anos, que leu os livros (que eu mesma dei de presente) e tanto ela qto eu adoramos o filme. É preciso entender que a adloescencia na era digital é algo completamente diferente do que foi a minha, que já passei dos trinta.
    Na minha época a febre era RPM e, claro que eu era apaixonada pela banda, mas hoje, se encontrar o Paulo Ricardo não terei um ataque histérico, pois cresci!
    Os fãs da ‘Saga’ tb vão crescer e, cá entre nós, prefiro que minha sobrinha leia e veja estas histórias do que idolatrar essa cultura da baixaria que todo veículo de comunicação a-do-ra pq dá dinheiro!

  134. Universitária 22 disse:

    Gente… Estou aqui no meu intervalo de provas na universidade, aí vejo que tem mais uma matéria do tiozinho sobre a saga crepúsculo….

    Desiste Maurício!
    Escreve uma matéria com filmes da sua época ou filmes do tipo tomates verdes e fritos (se é q é esse o nome)!!!! rs

    E agradeço a Yoko e a Bia Macedo pelo apoio!!!
    hahahahaha

    Repetindo: Vão catar coquinho na ladeira, seus chatos!

    • ju disse:

      isso msmo…..vai catar coquinho invejoso…despeitado RObERT e simplismente LINDO…os filmes otimos…aposto q vc qria ser o EDWARD por isso ta reclamando..tanta beleza te incomoda….INVEJOSO.

  135. Zi disse:

    Desde ontem eu vejo a discussão bem intensa sobre esse filme. Concluo como várias pessoas devem ter refletido que o tal filme não é mais que uma febre entre jovens sonhadores! Ele reúne muitos dos conflitos que o adolescente passa! Com relação aos gritinhos na hora da exibição isso é normal, quando eles ficarem velhos irão ver o quanto pagaram mico gritando por um doido que nem se quer sabe da existência dos fãs!

  136. Cetico 1 disse:

    Minha opinião é, filme bom de vampiro é Entrevista com o Vampiro, vejo Crepúsculo como um dawson’s creek, só que com vampiros.Sei que as fãs vão se rebelar dizendo que minha opinião é ridícula que eu não sei de nada, e sinceramente prefiro que assim seja, pois se algum dia me atrair por uma formula Dawson’s Creek, por favor me matem, isso no mínimo quer dizer que minha mentalidade foi reduzida a um nível 0, onde apenas a futilidade importa, opa desculpe, acho que “vaidade” seria mais apropriado.Sinceramente, leiam vampiro a mascara ou até mesmo entrevista com o vampiro antes de defenderem uma obra com esse tipo de formula.
    Uma observação valida é que quando Pattinson apareceu no Cálice de fogo ele era o “quem é?” agora que é protagonista vejo garotas ovacionarem o cara, na boa, existe coisa mais fútil que isso? Enquanto ele é um anônimo, ninguém o defende, se ele tivesse feito só o Cálice de Fogo e alguém criticasse a atuação do cara, as garotas não iam falar nada, agora que ele é protagonista só faltam formar uma barreira em volta dele, Futilidade pouca é bobagem.
    Desculpem mas é a mais pura verdade.
    É lógico que sem argumentos as garotas vão falar que isso é inveja, se fosse não indicaria Entrevista com o Vampiro para vocês verem, já que é protagonizado por Brad Pit e com certeza é um filme que da de 10000000 a 0 em malhação nova, quer dizer, lua nova.
    Minha critica não é para com o filme, mas sim para com esses adolescentes que aceitam sem questionar o que é imposto na mídia, que sinceramente fazem os mesmos perderem o censo critico e de formar opinião própria a ponto de defender com unhas e dentes uma historia pobre como se fossem gado seguindo um rebanho, ovacionando o que é fútil e deixando as reflexões de lado, mas felizmente, como todos sabem, isso é apenas uma faze, e antes que retruquem dizendo “você também já foi adolescente”, sim já fui, e felizmente aproveitei minha adolescência de forma bem mais produtiva.

  137. juliane disse:

    isso para mim e purissima inveja dos homens despeitados como e o seu caso meu querido…o filme e otimuuuuuuu.e claro vcs jamais chegaram ao chao q Edward pisa!

  138. Dra. aline disse:

    tenho 23 anos, tbm sou universitária, curso medicina, de tanto minha amiga pedir q o assistisse resolvi vê-lo,gostei do filme, gostei muito mais do livro. me surpreendi ja que não gostava de filme com vampiros e lobisomens . depois que o assisti resolvi ler o livro. claro que não é um classico, mas o filme de alguma maneira chama atenção pra ver sua sequência, quanto as adolescentes frenéticas, totalmente comum, eu gritava assim pelos backstreets boys ( ui que vergonha!!!) e realmente a maioria do elenco é lindo! ( apesar não tão talentosos) vale a pena assistir e ler a saga. um filme que fuja um pouca da realidade que vivemos AS VEZES é bom! acredito da liberdade de opinião, respeito todas! bjus

  139. Binna disse:

    Concerteza concordo com ela
    :)

    Universitária 22
    “Gostaria de dizer primeiramente que estou extremamente horrorizada com a quantidade de comentários masculinos sobre o filme. Se não gostam, pq perdem o tempo de vcs criticando o filme? Isso é inveja ou falta do q fazer? Os atores são bonitos? SIMMMMM O filme é bom? SIMMMMMM O livro é melhor ainda? SIMMMMMMM Realmente tem um monte de adolescente q exagera, mas é fase….. Quem nunca teve um ídolo? Uma banda de rock, um jogador de futebol…..? Eu sou uma veterinária quase formada, tenho 22 anos, sempre estudei muito na minha vida e quero continuar estudando e progredindo e GOSTO DO FILME E FUI VER A ESTRÉIA!!! Sou uma pessoa fútil, q não liga para os estudos e nem para a pobreza e desigualdade no mundo pq gosto da saga crepúsculo e acho realmente o Robert bonito??? Ahhhhh vão catar coquinho na ladeira. Engraçado que fanatismo por futebol ninguém fala mal…. O problema desses homens aqui é q no filme não tem um bando de homem correndo atras de uma bola e com as coxas de fora….Garanto q se tivesse isso no filme, esses homens bobos dariam gritinhos igual as adolescentes… Parem de falar mal do filme… Pq não tentam escrever um livro que dê tanto ibope e dinheiro??? Não devem ter capacidade! PONTO FINAL!!!!! ”

  140. carla neto disse:

    Na minha opinião este tipo de filmes e mais destinados a adolescentes…digo porque são eles os únicos a perceber o real intuito do filme…não é para ser perfeito e para ser empolgante, inspirador e apaixonante o resto são pormenores, e se não percebe os gritinhos e suspiros troco o Robert por uma daquelas famosas que todos os homens ficam babando!
    A unica diferença e que nos o admiramos pela coragem e pela beleza(no ponto de vista do filme)….Por isso fale de filmes para a sua idade…..E deixe isto para o critério dos adolescentes….

  141. Rafaela disse:

    Tenho que dizer que o Maurício já foi meu professor de jornalismo!
    Ele é fera no que ele ensina… Pena que aqui ele fez quase tudo contrário do que ensina!

    Primeiro no meu ponto de vista um jornalista que vai falar sobre um filme adaptado no mínimo tem que saber um pouco de roteiro e interpreção!

    Como ele já disse acima, o próprio não leu os livros da saga, então ele não imagina a riqueza de detalhes do livro que foram passados para o filme!

    Desculpe professor mas o que o senhor escreveu foi totalmente machista e sem noção!

    Claro que as gritarias no cinema complica e muito, mas o filme realmente foi muito bem feito!

    E existem filmes para cada um e defenitivamente é melhor o senhor ver quais os filmes são melhores para o senhor!

  142. EU disse:

    O FILME É MUITO BOM TÁ!?!?!?!?!?

    • LAYLLA disse:

      ESSE FILME E UM DOS MELHORES FILMES, NÃO ENTENDO PQ ALGUEM FALARIA ISSO DESSE FILME !SO.
      EU AMO CREPUSCULO E CREPUSCULO LUA NOVA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  143. Karina disse:

    Olha, concordo que em parte com o Maurício.
    Não gostei muito do filme Lua nova. Porque tirou um pouco da atenção ao edward e dividindo a torcida pra bella ficar ou com o Jacob ou com o vampiro!!
    Eu particularmente prefiro o Jacob, ele dá mais emoção ao casal ‘sem contar que é n vezes mais bonito’; já quando li o livro não dei muita atenção ao indio, pensava que fosse apenas mais um vilão obcecado de livros romantico, mas não, ele tem sentimentos e o mostra a cada olhar a ela!! por isso a minha torcida pro casal!!

    e caramba era só um beijo .. essa ‘Bella’ tah de zoação!! Ela num podia beijar o pobre do jacob?!! rss.
    Os beijos desse filme parecem selinhos da Hebe. rss

  144. nayane disse:

    a primeira vez que vi crepusculo eu adorei para mim os melhor personagens sao os namorados eu achei lindo o Robert-Pattison ele é romantico e lindo esse é um dos melhores filmes que vi
    Parabens♥♥♥

  145. thaina disse:

    ♥O filme crepusculo e lua nova foi muito emocionanate eu amei , principalmente as partes do EDWUARD E A BELLA eu e minhas amigas em clusivive minha irmãn a nayane a cima amamos o filme o papo na escola só dá crepusculo
    eu acho lindo o ROBERT PATTISON , eu e minhas amigas queria estar no lugar da bella ou pelomenos ter a sorte dela . nos amamos CREPUSCULO.”ROBERT PATTISON”♥

  146. Karine disse:

    Realmente, a história em si… no filme não tem tanta graça assim! Ainda não assisti Lua Nova, mas já conheço o livro. Gosto do filme pela interpretação dos atores, eles são muito bons! Mas ainda prefiro meu Harry Potter… Ou uma comédia romantica… Modismo… não sou muuto ligada nisso! Se gosto é porque gosto e pronto…
    Adoreii o post! É legal ver outras opiniões!

  147. Fabrizio disse:

    O Pior filme que já ví na vida, Não tem História nem conteudo, as Adolescentes so dizem que gostam pq aparece os muleques sem camisa, no mais o FIlme é um LIXO.

  148. biia disse:

    Eu assisti esse filme ontem ele é maraaaaaa, amei muito, ele foi msmo mto beein feiiito. PARABÉNS Stephenie Meyer

  149. biia disse:

    FABRÍZIO, VC ta com invejaaa, e parece msmo mto machista, XP

    • Fabrizio disse:

      Biia, me diga,

      1º Inveja de que?
      2º Porque Machismo?
      3º Qual a História do filme?

      Tenho 32 Anos e sendo sincero já ví muita coisa sem nexo, mas como isso jamais ví.

  150. Marla disse:

    É… Acho que os adolescentes não leram a primeira frase do seu texto… Estão todos aqui comentando…

  151. Ivone disse:

    Ler é importante porque leva a pessoa a ter contato com várias idéias diferentes (dos autores), adquirindo assim uma visão mais ampla do mundo e dos conflitos que envolvem a humanidade e a sociedade. Quando se tem uma visão mais ampla, se tem também mais material para formar as próprias idéias e resolver de melhor forma os próprios problemas. Ler também é um exercício de imaginação e prazer, pois ao ler, diferente do que acontece quando se assiste a um vídeo, as imagens se formam na sua mente, pela sua bagagem cultural e pelo seu estado emocional. Isso equivale a dizer que o texto se renova a cada leitura, visto que amanhã, o mesmo leitor já saberá mais do que sabe hoje e estará em um outro estado emocional, o mesmo texto terá para ele um significado novo.

    Detesto brigas infundadas, discussões vazias, que não levam a nada e não ensinam lição alguma. Mas adoro o bom combate de palavras que não considera as questões pessoais, mas meramente profissionais ou ideológicas. Pena que as pessoas relutem em ouvir as opiniões alheias. Não digo nem acatar, ou concordar ou até seguir, mas simplesmente ouvir. É importante frizar também aquilo que todo mundo diz, e é uma grande verdade: ao ler a pessoa pode conhecer e ir à lugares , que , de outra forma seria impossível.
    A leitura é um pasaporte com visto permanente para todos os lugares, culturas e mundos, reais ou até imaginários. É uma fonte de diversão e prazer.

    Será realmente que posso demonstrar a minha opinião de forma tão sadia que seja somente a demonstração de minha opinião???

    Será que isso é impossível….

    Acho que o cuidado com as palavras é de suma importância em uma discussão sádia… para que realmente ninguém seja (ou se sinta) desrespeitado.

    Boas Festas a todos e que venha Eclipse!!!!

  152. luis felipe disse:

    Eu acho o filme bom ,é claro que tem mais mulheres do que homens que gostam do filme por ser romantico.EU NÃO SOU GAY mais gosto do filme

  153. fenanda disse:

    ah vei , você é muito machista. Você fica falando ai só porque o Robert Pattinson e o Taylor são mt gostosos e todo mundo grita quando eles passam . Dai você que deve ser um velho pansudo que a mulher deixa na seca pra ler algum livro da serie tenta ser “imparcial” e nao consegue. Amor . se você tentar ser romântico como o Ed. , protetor como o Ed. , ou incrivelmente legal e animado como o Jake , e talvez tentar parar de fazer criticas. você ia conseguir um bom emprego ao inves de falar mal do emprego dos outros . e outra coisa . pode admitir que você paga pau pros dois. Eles são uma deliicia ! :9

  154. fernanda binda klippeler disse:

    EU ADORO CREPÚSCULO.

  155. carol disse:

    pessoal eu amo o edward ee é um gato

  156. suzy disse:
    O seu comentário está aguardando moderação.

    eu estou grávida do taylor lautner…hahsahshsah!!!!

  157. va se fude disse:
    O seu comentário está aguardando moderação.

    eu ODEIO CREPUSCULO VALEW PESIMO FILME BANDO DE IDIOTAS QUE FICAN BABANDO POR UM FIRME DE “VANPIRINHOS” FAZ FA VOR EU VÃO TOMAR NO CUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUU

  158. Ana disse:
    O seu comentário está aguardando moderação.

    Achei, que como raríssima exceção você fez uma crítica muito inteligente.É interessante ver que diferente de Harry Potter, que mesmo que você não leia o livro você consegue “comprar” a idéia do filme, no Twilight se você não leu o livro o filme passa uma sensação de morosidade.
    Mas é isso aí, é um filme tipicamente adolescente e pelo não retrata só violência e drogas e sexo e bla, bla, bla.Até que enfim um filme adolescente para as meninas, sem bang bang.
    #prontofalei

  159. Lúcya disse:
    O seu comentário está aguardando moderação.

    Só por que os protagonistas são bonitos, não quer dizer necessariamente, que o filme é bom!
    Todos tem seu gosto, gostam ou não, e se tem gente que não gosta, não justifica o argumento de: “tem inveja”.
    O filme é muito bom, os protagonistas também.
    Quem leu a primeira frase do texto, viu o que muitos descrevem:
    “Adolescentes, não leiam este texto. Tenho certeza que vocês vão se irritar.” Essa é a imagem que os fãs de crepúsculo deixam para os adultos, um bando de idiota que se humilha pelos artistas. Francamente, os artistas são bonitos, mas ficar colocando: “aim o Edward é taum linduh” é sinceramente, um comentário sem noção e sem sentido, e que deve fazer muitos pensarem que os fãs são todos crianças e que percebem apenas coisas superficiais.
    Eu adoro crepúsculo, já li mais de 3 vezes todos os 4 livros da saga, mas respeito os gostos dos outros. Imagina, se eu fosse ligar para cada um chamando o Edward de ‘gay’ ou até fada, por brilhar. Viveria irritada.

  160. nathalia disse:
    O seu comentário está aguardando moderação.

    olha voce está reclamando de um filme que foi um dos mais assistidos de todos então mesmo sendo um professor voce não sabe de tudo no mundo então pare de ser resmungão e cala a BOCA

    • nathalia disse:
      O seu comentário está aguardando moderação.

      bom tem tambem pessoas que falam que quem asiste esse filme e gay mas eu assisti todos os filmes até o amanhecer e sei que esse filme não tem nenhuma sena que edworde (robert patinsson) beija jacob (teylor lauthener) então quem assiste não é gay sim uma pessoa normal e mais CALA SUA BOCA MAURICIO STYCER

  161. O seu comentário está aguardando moderação.

    Awesome post. Keep writing.

  162. O seu comentário está aguardando moderação.

    Thanks so much for the blog.Really thank you! Want more.

  163. O seu comentário está aguardando moderação.

    Спасибо за Ваш труд! http://muzofon.com/search/%D0%BB%D0%B8%D0%B2%D0%B8%D0%BD%D1%81%D0%BA%D0%B8%D0%B9

  164. O seu comentário está aguardando moderação.

    Спасибо, хорошая статья. Подписался. http://www.newsfiber.com/p/s/h?v=E5s%2FYXAK%2F%2FeQ%3D+LjbYtADnAD8%3D

  165. O seu comentário está aguardando moderação.

    Title…

    […]one of our guests just lately proposed the following website[…]…

  166. O seu comentário está aguardando moderação.

    Thanks for the article.Really thank you!

  167. O seu comentário está aguardando moderação.

    I cannot thank you enough for the article post.Thanks Again. Cool.

Os comentários do texto estão encerrados.

Voltar ao topo