Publicidade

Publicidade
09/12/2009 - 10:16

“Cinquentinha” opta pelo riso fácil da caricatura

Compartilhe: Twitter

cinquentinhaAguinaldo Silva é um dos mais bem-sucedidos autores da Rede Globo. Fã de “Tom & Jerry”, ele entende que o bom vilão, na tevê, deve ser sempre um canastrão. Como Tom. “Ele esmaga aquele ratinho mil vez por dia, prepara as armadilhas mais ardilosas, mas sempre leva a pior, e todo mundo morre de rir”, diz o autor em seu depoimento ao livro “Autores, Histórias da Teledramaturgia”.

“Cinquentinha”, a série em oito capítulos que estreou nesta terça-feira, não tem um vilão com essas características, mas quatro: são as três viúvas de Daniel (José Wilker), Lara (Susana Vieira), Mariana (Marília Gabriela) e Rejane (Betty Lago), além de Leonor (Maria Padilha), todas inimigas entre si.

Com direção-geral de Wolf Maia, parceiro de Aguinaldo Silva em outras aventuras, “Cinquentinha” adota o tom da caricatura, do humor sem sutileza, disposto a fazer o público rir de qualquer maneira. Tudo é exagerado, avacalhado, chapado – quase um programa estrelado por Didi Mocó.

Todos os bons temas sugeridos por Aguinaldo Silva se diluem, em meio ao clima adotado para contar a história. A atriz em decadência é uma piada ambulante, na interpretação exagerada (e sem jeito) de Susana Vieira. O mesmo vale para o conflito, tratado de forma grotesca, da avó Rejane (Betty Lago) com a neta, que está namorando um homem negro, morador da favela.

Mesmo uma ousadia de Aguinaldo Silva se perdeu, na estreia, soterrada pelo clima de avacalhação geral. A fotógrafa Mariana, cinquentona que só namora garotos de 18 anos, encontra na balada uma colega dos tempos em que ambas eram estagiárias no jornal. Leila (Ângela Vieira) acaba levando Mariana para casa (e para a cama), mas a noitada termina, de manhã, em forma de galhofa, com a personagem de Marília Gabriela fugindo da casa da amiga com as roupas nas mãos.

Aguinaldo Silva defende a idéia que o autor de televisão deve escrever para agradar ao público. “Você está fazendo novela para quê? Para conseguir audiência e agradar o telespectador. É para fazer sucesso, não é por outra razão. Então, é um absurdo se colocar contra o que o espectador quer”. Pano rápido.

Autor: - Categoria(s): Cultura, televisão Tags: , , , ,

Ver todas as notas

107 comentários para ““Cinquentinha” opta pelo riso fácil da caricatura”

  1. […] This post was mentioned on Twitter by Mauricio Stycer, @uau news. @uau news said: “Cinquentinha” opta pelo riso fácil da caricatura http://idek.net/kqJ […]

  2. Ana Rosa disse:

    Achei muito legal, nós precisávamos de algo leve e divertido para assistir

  3. Rejane Sartori disse:

    Adorei ver uma minisserie com meu nome, nunca teve nenhuma novela que algum ator tivesse o nome de REJANE….ADOREI….heheheheheh….PARABÉNS PARA O AUTOR.

  4. aline lima disse:

    Amei a minisserie………são persongens divertidos
    PARABÉNS A TODOS!!!!!!!!!!

  5. drica disse:

    ameiiiiiiiiiiiii a mini-serie, de muito bom gosto. Realmente estavamos precisando de um humor assim.

  6. Sueli disse:

    assisti o primeiro capitulo e achei lamentável. Conteúdo grotesco, ultrapassado onde se vê a mesma coisa. Dinheiro , sexo, orgulho , luxúria ,intrigas etc. E a total desestruturação da familia. Com tantos temas mais ilustrativos e de qualidade para ser abordados e Aguinaldo Silva continua na mesmice e pior estagnado, sua mente parece totalmente cristalizada. Acorda, qual é a contribuição evolutiva dessa sua proposta?
    Refletir de vez em quando só vai lhe fazer bem, e impedir a disseminação. Desculpe, pela minha indignação, não temos mais tempo a perder, os passos que temos que dar são para frente, firmes e criativos.

    • Claudio disse:

      obrigado Sueli, depois de ler tantos comentarios favoráveis aos temas, estava achando que o problema era comigo.

      Achei de péssimo gosto, tudo descambando para sexo e cinquentonas agindo como (pré)adolescentes, esculhambação geral….

    • helô ! disse:

      Concordo com a Sueli …achei de péssimo gosto …nao acrescenta nada !

    • Carlos disse:

      Ahmmmmm….. acordei………! A contribuição para a vida é um tanto questionável sim, mas é ficção e momentos lúdicos e de lazer alegram as pessoas!

  7. Tibor Moricz disse:

    A série devia se chamar “sessentinha”.

  8. YES disse:

    EU Ñ VI E Ñ PERDI NADA…..

  9. Esperidião Kennedy Rocha de Menezes disse:

    A minissérie “Cinquentinha” é mais um presente que a TV Globo nos dá de presente em face que continua nos enriquecendo culturalmente, sem levar à imagens que mostram casos de violência dos grandes centros do país para ter-se audiência. E se há humor, caricaturas, não importam, o que vale é prazer de assistirmos temas atuais e alegres, e não às mesmices. Parabéns para o Autor e Elenco.

  10. Carlos Nunes disse:

    Boa Tarde
    As atrizes são de primeira Linha, mas o nome deveria ser SESSENTINHA, ficaria mais apropriado.
    Um abraço

  11. Diana disse:

    A minissérie é muito ruimmm, mais muito mesmoo. As cinquentinhas pagando de gatinhas, pelamor….. Será que custa muito trazer um pouco de complexidade das personalidades ? Sex in the City da 3ª idade…..deprimente…….. (e olha que SITC eu amoooo)

  12. ellen disse:

    ACHEI MUITO LEGALLLLLLL

  13. Mais uma dessas porcarias , a ultima coisa boa que assisti na globo foi o alto da compadecida.

  14. Carlos Nunes disse:

    Boa Tarde
    Estou de acordo com a Srª SUELI, em que os escritores da Globo pararam no tempo. As novelas são de péssimo enredo: Caras e Bocas ridícula, Cama de Gato um horror, Viver a Vida agora vai depender de mto., milagre…
    Acorda para vida Escritores!!!!
    Um abraço

  15. Vagner disse:

    Gostei. Só acho que SESSENTINHA caberia melhor para as atrizes. No mais… curti

  16. Eduardo disse:

    Mais uma produção inútil da Globo para aproveitar um bando de velhas que não tem o que fazer e minar a cabeça de pessoas que acham que só existe a Globo e seus programas de baixo nível cultural.

  17. “Cinquentinha”, menos pra susana vieira que é quáse setentinha! Mais uma baboseira da globo para enebriar os
    brasileiros. Talvez essa “coisa” de uns 60/70 pontos de audiência.

  18. jeane disse:

    E dificio lidar com serumano para uns ta tudo de bom para outros nada agrada vai enteder isso. so Deus

  19. adriano disse:

    eu não ennntendii o que ele falo…..
    cade o chinelooooooooo!!!!!

  20. Paula disse:

    Adorei a minissérie, o elenco é 10, as histórias são ilarias e para quem não sabe o nome cinguentinha não está ligado a idade dos personagens e sim a parte da erança (50%) que será disputada pelas três viuvas.

Os comentários do texto estão encerrados.

Voltar ao topo