Publicidade

Publicidade

27/05/2009 - 17:58

Messi e a falta que Ronaldinho Gaúcho não faz

Compartilhe: Twitter

A conquista da Liga dos Campeões elimina, definitivamente, qualquer dúvida que poderia haver no Barcelona sobre a saída de Ronaldinho ao final da temporada passada. O Barça venceu tudo – o Espanhol, a Copa do Rei e, agora, o Europeu – depois que o brasileiro deixou o time.

Simbolicamente, a camisa 10 de Ronaldinho foi passada para Messi, que usava a 19 no time comandado pelo brasileiro. Não espantará, também, se o baixinho argentino conquistar este ano um título que já foi, duas vezes, do brasileiro – o de melhor jogador do mundo.

Ronaldinho é um herói no Barcelona. Ajudou a equipe a conquistar a Liga do Campeões (2006) e dois Espanhóis (2005 e 2006), o que não é pouco. Mas a consagradora temporada 2008-2009 (ainda falta o Mundial, no fim do ano) não fará bem à memória do craque brasileiro, hoje vivendo o seu inferno astral.

Reserva no Milan, descartado por Dunga para a Copa das Confederações, Ronaldinho pode até ter torcido pelo Barcelona nesta tarde, mas a consagração desta equipe não deixa de ter um gosto amargo para ele.

Autor: - Categoria(s): Esporte Tags: , , , ,
Voltar ao topo